A Espiritualidade Carmelita, com Frei Claudiano Lima.

“Posso afirmar com firmeza que minha cabeça é Tomista, mas meu coração é Carmelita”.

Desde que me tornei Católico Apostólico Romano, tive uma grande identificação com a forma de pensar do Doutor Angélico, a saber: Santo Tomás de Aquino e tenho-o como meu maior santo de devoção — ele é o meu grande mentor, mas também fiquei muito identificado com Santa Teresa D’Avila. Santo Tomás de Aquino é sem dúvidas alguma o maior Intelecto que já existiu, ele é Doutor Comum da Igreja — ele é o Teólogo por excelência.

Santa Teresa D’Avila que também é Doutora da Igreja, é a maior Santa Mística de todos os tempos. Foi de uma grandiosa importância para a Santa Igreja, ela que promoveu uma reforma ao Carmelo e trouxe consigo ensinamentos primorosos acerca da vida espiritual.

Seu contexto foi difícil, Pois santa Teresa estava em plena época onde ocorria a Revolução Protestante, por um lado ela estava muito preocupada com a situação em que estava —, ela que inclusive teve visões sobre o Inferno.

Ela ficou com muita tristeza sobre o que os rebeldes estavam fazendo e se sentia impotente, pois o que uma Mulher com suas monjas poderia fazer com milhares que se rebelaram e que inclusive pegavam em armas para matar?

Mas nem mesmo essa situação horrível que a grande santa teve de passar, a deixou desanimada, pelo contrário, isso a impulsionou a se voltar ainda mais a Deus, e a ter mais força para rezar pelos que sofriam —, pelos que morriam e pelos que já estavam mortos.

Há uma grande frase feita por essa santa que é: “Nada te perturbe, Nada te espante, Tudo passa, Deus não muda, A paciência tudo alcança; Quem a Deus tem, Nada lhe falta: Só Deus basta”. Se eu pudesse sintetizar a grandeza dessa santa, eu citaria primeiramente essa frase.

Quando tive acesso aos escritos dessa grande Santa, pude constar a grandeza e a beleza que é a santidade. Sua visão de que nossa Alma é como um Castelo —, foi de fato uma grata surpresa a mim que fiquei muito maravilhado com essa linda analogia feita por essa Doutora, que afirmava que na sétima morada, está a Santíssima Trindade.

Para alcançarmos a Deus que nos espera lá, devemos primeiramente começar pela Oração, mas este caminho de descoberta interior é um passeio conturbado, onde encontraremos muitas dificuldades para alcançar o Castelo-Mor.

Conforme fui me apegando aos ensinamentos da grande Doutora, passei a ter grande admiração pela simplicidade de Santa Teresinha do Menino Jesus, que tinha como inspiração justamente a Santa Teresa D’Avila, e ambas são Doutoras da Igreja que são de grande importância para todos nós.

Hoje tanto Teresa como Teresinha, estão nos meus cinco santos que mais tenho devoção, e se alguém me perguntar qual é o maior ensinamento que Teresinha nos deixou, eu certamente diria minha frase favorita dela: “Amar é tudo dar e dar-se a si mesmo”.

Neste tempo, com efeito, também fiquei muito devoto da invocação de Nossa Senhora do Carmo que é a minha segunda maior devoção da Santíssima, a primeira é a invocação de Nossa Senhora de Fátima.

Portanto, posso afirmar com firmeza que minha cabeça é Tomista, mas meu coração é Carmelita.

Ademais. — Se hoje passo boa parte de meu tempo estudando a Doutrina Tomista que alimenta a minha vida Intelectual propriamente dita, que me concede conhecimento superior das coisas, a partir do que foi nos ensinado por este que foi o mais sábio e santo dos doutores — também estou buscando a Deus de uma forma mais ligeira — por via da oração e contemplação —, por via dos ensinamentos que me foram dados pela Espiritualidade Carmelita.

Graças a Deus, em nosso País há a Escola do Carmelo que é ministrada pelo Reverendíssimo Padre Claudiano, que é Frei da Ordem dos Carmelitas Descalços.

Seu trabalho é primoroso e vem não apenas me ajudando, mas ajudando a muitos que hoje podem ouvir um pouco do Carisma Carmelita que é lindíssimo e que como já bem disse, faz parte do meu coração.

Como gosto muito de fato dos Carmelitas, quero divulgar o trabalho feito pelo Frei Claudiano que é porta de entrada para os que ainda não entraram no Carmelo.

Tive a Honra de poder conversar com o Padre Claudiano e hoje trago um vídeo onde se é conversado a respeito da Espiritualidade Carmelita, um pouco sobre a história da ordem, a vocação religiosa, a vida espiritual, os ensinamentos das Doutoras do Carmelo, da Importância da Santíssima e de seu grande presente que nos foi dado por ela que é o Escapulário.

Infelizmente hoje é utilizado de maneira completamente inadequada por muitas pessoas, que tratam o escapulário como um amuleto com “poderes mágicos”. Neste vídeo serão tratados estes temas. Recomendo fortemente que todos conheçam a Escola do Carmelo e aprendam com o Frei Claudiano, sobre as maravilhas produzidas por essas grandes Mulheres da Ordem dos Carmelitas.

Ademais. — Pois, digo que um dos grandes problemas que ocorrem em nossos tempos, é a incongruência das pessoas. Se por um lado, uma pessoa diz que é Católica, que vai à Santa Missa, que estuda isso e aquilo a respeito da Sã Doutrina, do outro, ela, na vida corriqueira, no dia a dia, não age em conformidade com o que ela aprende e diz, ou seja, é uma pessoa que até sabe o que deve crer, o que deve desejar, mas não sabe operar.

Como já dizia o Doutor Angélico: “Três coisas são necessárias à salvação do homem, a saber: a ciência do que se há de crer (Fé), a ciência do que se há de desejar (Esperança), e a ciência do que se há de operar (Caridade)”. E acredito que a espiritualidade Carmelita pode ajudar a corrigir essa anomalia.

Escola do Carmelo: https://www.facebook.com/escoladocarmelo.org/

Escola do Carmelo no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCghTu1pA_1Hn2ZlYMLom5Sw

Recomendações de Livros:

As Moradas do Castelo Interior – Santa Teresa D’Avila
O Livro da Vida – Santa Teresa D’Avila
Caminho de Perfeição – Santa Teresa D’Avila
A História de uma Alma – Santa Teresinha do Menino Jesus
Escritos de Santa Teresinha

Glória a Deus! Salve Maria Santíssima! Nossa Senhora sob os títulos de Fátima e do Carmo, rogai por nós! São José, rogai por nós! Santo Tomás de Aquino, rogai por nós! Santa Teresa D’Avila, rogai por nós! Santa Teresinha, rogai por nós! Santo Agostinho, rogai por nós! São Pio de Pieltrelcina, rogai por nós!

Fonte: Vinicius Martinez

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here