Após relatar doença psicológica, padre Fábio de Melo faz triste revelação

Considerado por milhões de brasileiros de diversas religiões, como uma das figuras mais influentes do país nos últimos anos, padre Fábio de Melo enfrenta uma das fases mais delicadas de sua vida

Ele, que recentemente surpreendeu seus fãs e seguidores que o acompanham nas redes sociais, revelando uma série de sentimentos atordoadores, típicos da #síndrome do pânico, doença que o assolou no passado e retornou com força total na primeira semana deste mês de agosto.

Demonstrando estar bastante abalado, o sacerdote utilizou seu perfil oficial no Instagram no último dia (11) e declarou: ”A todos os amigos que me seguem, venho relatar que recentemente ao lado de meus familiares, enfrentei uma situação bastante séria no seio de nossa família.

Desde então, tenho apresentado dificuldades enormes para relaxar, mal tenho conseguido dormir a noite e comecei nesses últimos dias me sentir demasiadamente angustiado. Há mais ou menos uns vinte dias comecei a me sentir muito medo e esse pavor que me assolava, era típico da síndrome do pânico, uma grave e triste doença psicológica que enfrentei graças a Deus com sucesso a uns dois 2 anos atrás. Notando visivelmente alguns sintomas desse mal, comecei a me manter recluso, me afastando de tudo e me trancando dentro de casa.

Permaneci sozinho e trancafiado em minha residência por uma semana, nutrindo em mim uma terrível sensação de morte, acompanhada sempre de uma tristeza profunda. Nunca havia chorado tanto na minha vida. As coisas só começaram a melhorar, quando durante uma conversa franca com meu grande amigo e médico, Sorrentino, ele me incentivou a passar por uma consulta psiquiátrica com uma doutora de sua confiança.

Após me submeter à uma excelente consulta com a especialista, me sinto bem mais disposto e faço uso controlado de alguns medicamento, que já me possibilitam a sair de casa e cumprir alguns compromissos.”

Compartilhando sua real situação publicamente, o padre contou com o apoio de milhões de fiéis que solidarizaram com seu drama e enviaram mensagens de carinho nas redes sociais.

Buscando sanar dúvidas e esclarecer a respeito dessa doença psicológica, a jornalista e apresentadora Poliana Abritta, conversou com o padre Fábio de Melo e durante a conversa, que vai ao ar na noite deste domingo (20) no ‘Fantástico’, o religioso muito emocionado e aberto a compartilhar com o país os sintomas e reflexos da síndrome do pânico, revelou com lágrimas nos olhos, que em uma de suas crises, chegou a se esconder embaixo da cama, tamanho era o medo e pânico que o assolava.

Um comentário sobre “Após relatar doença psicológica, padre Fábio de Melo faz triste revelação”

  1. O sério problema do padre Fábio de Melo é tipo do mesmo que derrubou o padre Marcelo Rossi, que, também ficou muito arrasado, emagreceu e ainda não se recuperou totalmente. Mas este é o mesmo problema de grande parte dos brasileiros e que sabem da desgraçada situação do país, das famílias brasileiras, detonadas pelo governo mais corrupto do mundo, dos COMUNISTAS da esquerda petralha. Destruíram o país, mas muito pior, querem acabar com os cristãos, nossas crianças, com essa IDEOLOGIA DE GÊNERO, o experimento psicológico mais cruel de toda história. E os religiosos, evangélicos, católicos, etc., NADA FAZEM. Só Deus.

Deixe uma resposta