O dito “Padre Macários Lavrendiev Carvalho”, cujo nome verdadeiro é Azuil Fernando, neste ano de 2017, ainda continua a celebrar “Missas” periodicamente na Rua Comendador Martins, 181 – Vila Mathias – Centro – Santos/SP.

Macários (Fernando) apresenta-se como sacerdote de rito bizantino ucraniano ordenado pela Ordem de São Basílio Magno (OSBM), porém, nunca apresentou quaisquer provas do que afirma. Vamos aos fatos.

No ano passado, 23 de Agosto de 2016, a Chancelaria da Diocese de Santos/SP, informou que Macários Lavrendiev Carvalho não é padre da Igreja Católica Apostólica Romana.[1]

Nota da Diocese de Santos. Foto: Arquivo concedido ao blog.

No mesmo período do ano passado, o Padre Antônio Royk Sobrinho, OSBM, Superior Provincial dos Padres Basilianos no Brasil (Província São José) confirmou que Macários também não pertencente à Ordem de São Basílio Magno (OSBM), do mesmo modo o Chanceler da Metropolia Católica Ucraniana São João Batista, Padre Basílio Koubetch, OSBMconfirmouque Macários não pertence à Igreja Católica Ucraniana.[2]

Nota da OSBM e Igreja Católica Ucraniana. Foto: diocesedesantos.com

O “Padre” Macários Lavrendiev Carvalho pertencia à Resistência Católica (de Dom Williamson, Dom Tomás e Dom Faure e Dom Gerardo — USML) que atendia à Missão São José, em Santo André/SP, como provam as fotos a seguir.

 

Fotos: http://farfalline.blogspot.com/2016/09/falsos-padres-falsos-catolicos.html?m=1

Neste blog vinculado à Resistência (USML), chamado Syllabus, em matéria de 2013 consta o nome de P. Makarios: http://syllabuserrorum.blogspot.com.br/2013/10/mas-de-75-grupos-de-la-resistencia-en.html

Da mesma forma o blog Non Possumus, em matéria de 2014, também da Resistência Católica (USML), consta o nome de P. Makarios: http://nonpossumus-vcr.blogspot.com.br/2014/02/padre-chazal-carta-un-soldado.html

Fato é que ano passado a referida Resistência negou publicamente qualquer relação com Macários (Fernando). Enfim, contra fatos não há argumentos, e os fatos acima falam por si só.

Queremos reafirmar que Macários (Fernando) não possui qualquer indício de que foi ordenado sacerdote, portanto, é imprescindível que os fiéis que ainda dão assistência às “Missas” por ele celebradas deixem-no imediatamente, para não incorrer em pecado de idolatria (por adorar uma Hóstia que não foi consagrada) e pensar que estão recebendo o Sacramento da Penitência, pois o referido não sendo padre, não há como haver sacramento.

Macários afirma que foi ordenado por um Bispo, porém, não divulga o nome deste e nem apresenta provas contundentes de suas afirmações, o que leva-nos a crer no fato de que ele apenas está a inventar tais afirmações, porém, se o mesmo tem como provar que é Padre, que o faça, mas é pouco provável deste feito suceder-se, visto já ter transcorrido um ano da nota de esclarecimento por parte da Diocese de Santos e da OSBM (o qual o mesmo diz pertencer) em que afirmava categoricamente que Macários (Fernando) não consta na lista de padres da Diocese e nem de membros da Ordem de São Basílio Magno, e Macários não ter apresentado nada que comprove suas afirmações. Como diz o ditado popular “quem cala, consente!”.

Notas:

[1]. Site Oficial da Diocese de Santos – http://www.diocesedesantos.com.br/20160823_informa-provincial-dos-padres-basilianos-reafirmar-que-o-padre-macarios-de-carvalho-nao-faz-parte-da-ordem-de-sao-basilio-magno-osbm/

[2]. Idem. – http://www.diocesedesantos.com.br/20160823_informa-provincial-dos-padres-basilianos-reafirmar-que-o-padre-macarios-de-carvalho-nao-faz-parte-da-ordem-de-sao-basilio-magno-osbm/

Fonte: https://fieiscatolicosromanos.blogspot.com.br

6 COMENTÁRIOS

  1. Azuil é um estelionatario espiritual entrou na comunidade judaica dizendo que era judeu até ser descoberto como falso padre e expulso da sinagoga por este fato

    • Recebi tal matéria por e-mail sem fonte de onde veio, se você olhar todas as nossas postagens citamos a fonte, agora você bem que poderia ter pedido com educação e com menos arrogância meu caro amigo. Me fala o que você tem feito dentro da igreja alem de dar patadas? E outra, acho que o importante a denuncia né….

  2. Vocês deveriam alertar os católicos ditos tradicionais sobre uma tal jornalista chamado Fabio Botto Farhan, estelionatário que está agindo entre os frequentadores das missas tridentinas e que se usa de artifícios vários para arrancar dinheiro de pessoas de boa fé. Se fizerem uma busca pelo google, verão que o mesmo tem vários registros de estelionato.

  3. E aí, não denunciar o pseudo-jornalista Fabio Botto Farhan? O sujeito se passa por católico tradicionalista para cometer estelionatos entre os incautos, usando a pessoa do pai dele, supostamente doente terminal. Esse canalha já roubou muita gente e continua impune. Possui sites falsos: Radio Italiana e Catolicismo Romano. Denunciem!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here