França: Centenas de muçulmanos convertidos ao Catolicismo

Mais de 4258 adultos – um aumento de cerca de 40% em relação ao ano passado – receberam o baptismo na Igreja Católica, em França, este ano na vigília da Páscoa.
Entre esses havia 280 pessoas que renunciaram ao islamismo, um número que vem crescendo nos últimos anos, segundo a Conferência Episcopal da França (CEF) citada pelo “Times of Israel”.
Na vigília da Páscoa é celebrada a Missa da Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, durante a qual tradicionalmente é dado o baptismo aos catecúmenos.
Perto de 60% dos adultos tinha entre 18 e 35 anos. 53% e provinha de famílias de tradição cristã. 22% até à conversão diziam-se “sem religião”, ou ateus. O número dessas conversões aumentou 35% nos últimos dez anos.
Os dados foram comunicados à agência France Press pelo Pe. Vincent Feroldi, director do Serviço Nacional para as Relações com os Muçulmanos da CEF, que destacou que “até 2016, o número desses casos estava sempre abaixo de 200.”
A renúncia do Islão é problemática, pois o Corão condena-a como apostasia intolerável, merecedora da morte aplicável imediatamente e sem julgamento pelo primeiro que o puder fazer.
Muitos pedem que o baptismo seja recebido “com certa discrição” e fora das festas da Páscoa para não serem vistos. Por isso o número anual total de baptismos de ex-maometanos pode ser bastante superior.
Fonte: https://senzapagare.blogspot.com.br/2018/05/centenas-de-muculmanos-convertidos-ao.html

Deixe uma resposta