Nos dias 18 e 19 de outubro o Centro Comercial da Grande Estação em Bogotá (Colômbia), se converteu em um confessionário aberto no qual 120 sacerdotes de todo o país surpreenderam as pessoas e administraram o sacramento da reconciliação na segunda edição do “Confesatón”, uma maratona de confissões.

Conforme indicou a Conferência Episcopal Colombiana (CEC) em sua página, este evento aconteceu durante a Copa da Fé e é um sinal do Jubileu da Misericórdia, que “está relacionado ao pedido do Pontífice para trabalhar por uma Igreja em saída, como um sinal da presença de Deus”.

A CEC indicou que o primeiro dia da maratona começou por volta das 17h. Algumas pessoas olhavam para os sacerdotes com surpresa e certa curiosidade, enquanto outros estavam fazendo fila nos lugares assinalados para confessar-se.

Gladys López, uma das pessoas que se confessou, disse que para ela esta foi uma oportunidade para tirar um peso de si.

“Cada pessoa chega totalmente convencida de que Deus está dando a possibilidade de ter a consciência tranquila e poder dizer aquilo que se converteu em uma carga em nossas vidas, todo mundo deveria aproveitar esta oportunidade”, expressou.

Luz Estella Rey, contou que há muito tempo não recebia este sacramento e disse que a ocasião foi “muito agradável”. Também falou sobre o sacerdote que a confessou: “Transmitiu-me muita paz e me fez sentir tranquila”.

Por sua parte, Miguel Marquina Acevedo se surpreendeu com esta iniciativa, pois estava visitando Bogotá. Ele e seus filhos se confessaram. “É uma ocasião não só para nos aproximar de Deus, como também para nos reconciliar, porque muitas vezes não temos tempo para ir à Igreja”, expressou.

Além das confissões no centro comercial, outro grupo de sacerdotes visitaram em 19 e 20 de outubro diferentes lugares penitenciários de Bogotá para administrar este sacramento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here