[bmto id=”3″]https://www.youtube.com/watch?v=Zjile8uEYFs[/bmto]

Dizer que a Virgem Santíssima foi concebida sem a culpa do pecado original consiste na forma negativa de expressar uma realidade positiva: Maria é a cheia de graça, nela habitam em plenitude o amor e a graça de Deus. Nesse sentido, ela é o grande presente que Deus Pai preparou ao Filho, desde toda a eternidade, a fim de que Ele fosse acolhido, neste mundo, por um coração imaculado, pleno de graça e amor. E esse magnífico presente nos é dado por Cristo, aos pés da cruz: “Eis aí tua mãe”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

1 × cinco =