A “oração é a salvação do ser humano”, diz Papa na Audiência Geral

Must Read

1º Domingo do Advento

(roxo, creio, prefácio do Advento I – 1ª semana do saltério) A vós, meu Deus, elevo a minha alma. Confio...

São Francisco Antônio Fasani, modelo de Sacerdote

São Francisco Antônio Fasani, verdadeiro amigo do seu povo, foi para todos irmão e pai O santo de hoje nasceu...

Um feliz Ano Novo!

Somos convidados a uma séria preparação para o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo; e qual o melhor meio...


A oração é o centro da vida: não se reza com tédio, de modo mecânico, como um Papagaio. Reza-se com o coração.

A oração é o centro da vida: não se reza com tédio, de modo mecânico, como um Papagaio. Reza-se com o coração.
Cidade do Vaticano (21/10/2020, 11:45, Gaudium Press) Nesta quarta-feira, 21/10, na Audiência Geral, o Papa Francisco deu prosseguimento aos seus comentários sobre “A oração dos Salmos”, realizando a segunda catequese sobre esse tema.

Os Salmos apresentam a oração como sendo a realidade fundamental da vida, que nos torna plenamente humanos e nos salva de nós mesmos

Afirmando que hoje seria completada a catequese sobre a oração dos Salmos, Francisco recordou aos presentes na Sala Paulo VI que notamos que nos Salmos aparece frequentemente uma figura negativa, a do “ímpio”, ou seja, aquele ou aquela que vive como se Deus não existisse:

É a pessoa sem nenhuma referência ao transcendente, sem nenhum impedimento à sua arrogância, que não teme o julgamento sobre o que pensa e o que faz”.

O Papa explicou que é por esta razão que “o Saltério apresenta a oração como a realidade fundamental da vida. A referência ao absoluto e ao transcendente – a que os mestres da ascese denominam o “temor sagrado de Deus” – é o que nos torna plenamente humanos, é o limite que nos salva de nós mesmos, impedindo que nos aventuremos nesta vida de modo predatório e voraz.

A oração é o centro da vida: não se reza com tédio, de modo mecânico, como um Papagaio. Reza-se com o coração.

Oração falsa: a prece feita apenas para ser admirado pelos outros, para se mostrar socialmente

Segundo o Pontífice, “existe também uma oração falsa, uma prece feita apenas para ser admirado pelos outros. As pessoas que vão à missa só para mostrar que vão à missa, que são católicos, ou para mostrar a última roupa que compraram, para se mostrar socialmente, vão a uma oração falsa. Jesus advertiu fortemente a este respeito. Mas quando o verdadeiro espírito de oração é acolhido com sinceridade e entra no coração, então nos faz contemplar a realidade com o olhar do próprio Deus”.

A oração é o centro da vida: reza-se com o coração e não com tédio, de modo habitual, como um papagaio

Quando rezamos, tudo adquire “profundidade”. Isso é algo curioso. Na oração, talvez começamos com uma coisa sutil, mas na oração adquire espessura, adquire peso. Deus pega a oração pela mão e a transforma. O pior serviço que pode ser prestado, a Deus e também ao homem, é rezar com tédio, de maneira habitual. Rezar como um Papagaio. Não! Reza-se com o coração. A oração é o centro da vida. Se houver oração, o irmão, a irmã, também se torna importante. Aliás, também os inimigos. Quem adora a Deus, ama os seus filhos. Quem respeita a Deus, respeita os seres humanos.

A oração não é um calmante para aliviar as ansiedades da vida; uma prece desse tipo não é cristã

Para Francisco, “a oração não é um calmante para aliviar as ansiedades da vida; ou, contudo, uma prece desse tipo não é certamente cristã. Ao contrário, a oração responsabiliza cada um de nós. Vemos isto claramente no “Pai-Nosso”, que Jesus ensinou aos seus discípulos”.

O mundo está sempre presente na oração do Saltério

De acordo com o Papa, “o mundo está sempre presente na oração do Saltério. Os Salmos, por exemplo, dão voz à promessa divina de salvação dos mais frágeis. Por exemplo: ‘Por causa da aflição dos humildes e dos gemidos dos pobres, levantar-me-ei – diz o Senhor – para lhes dar a salvação que desejam’. Ou alertam para o perigo das riquezas mundanas, porque diz ‘o homem que vive na opulência e não reflete é semelhante ao gado que se abate’. Ou, ainda, abrem o horizonte ao olhar de Deus sobre a história:

‘O Senhor desfaz os planos das nações pagãs, reduz a nada os projetos dos povos. Só os desígnios do Senhor permanecem eternamente, os pensamentos do seu coração por todas as gerações’”. (JSG)

 

(Da Redação Gaudium Press, com informações e fotos Vatican News)

The post A “oração é a salvação do ser humano”, diz Papa na Audiência Geral appeared first on Gaudium Press.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

4 × 5 =

Latest News

1º Domingo do Advento

(roxo, creio, prefácio do Advento I – 1ª semana do saltério) A vós, meu Deus, elevo a minha alma. Confio...

São Francisco Antônio Fasani, modelo de Sacerdote

São Francisco Antônio Fasani, verdadeiro amigo do seu povo, foi para todos irmão e pai O santo de hoje nasceu em Lucera (Itália), a 6...

Um feliz Ano Novo!

Somos convidados a uma séria preparação para o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo; e qual o melhor meio de fazê-lo, senão pelo exemplo...

Por que o Advento?

Advento! O Natal se aproxima: É o maior acontecimento da História: o Verbo se fez carne e habitou entre nós Esperemos Jesus que vem...

Colégio de Cardeais tem 900 anos: veja sua história, números e curiosidades

O Consistório de hoje é o sétimo convocado por Francisco, eleva o número de presenças no Colégio Cardinalício para 229, 101 não-eleitores. Redação (28/11/2020, 11:50,...

More Articles Like This

mersin escort - casinomeritroyal.com - Goldenbahis -
Dumanbet