InícioNotícias da IgrejaAlemanha: 131 igrejas fechadas em 5 anos

Alemanha: 131 igrejas fechadas em 5 anos

Published on

O encerramento dos serviços religiosos nas igrejas na Alemanha tem sido amplamente vinculado à situação financeira, mas as causas por trás desse fenômeno são diversas e vão além das considerações econômicas.

Foto: Il Timone

Foto: Il Timone

Redação (30/12/2023 11:46, Gaudium Press) Nos últimos cinco anos, testemunhou-se o fechamento de um número gigantesco de igrejas na Alemanha: 131. Segundo a Infocatolica, dessas 131, 126 já foram dessacralizadas.

Esse cenário não se restringe a locais remotos ou impactados pelo desenvolvimento urbano. Um exemplo é a igreja de São Bento em Schäftlarn, pertencente à arquidiocese de Munique-Freising, que também será fechada. A associação paroquial responsável pela igreja não dispõe dos recursos necessários para realizar as reformas requeridas, apesar de ela ter sido consagrada há apenas 58 anos. Diante dessa realidade, o fechamento torna-se uma medida drástica e inevitável.

O encerramento dos serviços religiosos nas igrejas na Alemanha tem sido amplamente vinculado à situação financeira, mas as causas por trás desse fenômeno são diversas e vão além das considerações econômicas.

Alguns tentam minimizar o impacto, como o porta-voz da Arquidiocese de Bamberg que declarou que “nem uma dúzia de igrejas foi vendida ou doada nos últimos 10 a 15 anos [em sua jurisdição]. É um número extremamente baixo e mostra que as igrejas consagradas só foram vendidas em casos absolutamente excepcionais.”

Na realidade, a venda de igrejas é concomitante com uma preocupante diminuição no número de fiéis. De acordo com dados recentes, a perda de 1,3 milhão de católicos declarados em apenas quatro anos (2019 a 2022) é alarmante, independentemente das variações relacionadas a nascimentos e óbitos. Só em 2022, mais de meio milhão de fiéis saíram da Igreja.

Esta tendência, longe de ser contida pela abordagem mais “aberta” e progressista adotada pela Igreja alemã, parece ter sido exacerbada por ela

Neste contexto, o jornal italiano Il Timone levanta dúvidas sobre o rumo que está sendo tomado, e destaca a necessidade de questionar o novo modelo eclesial, pois ao adaptar a mensagem evangélica aos valores e paradigmas da sociedade atual, a Igreja seria condenada à irrelevância, não havendo diferença substancial entre seus ensinamentos e as mensagens do “mundo”.

Diante disso, é crucial que a Igreja na Alemanha realize um grande exame de consciência ao invés de se colocar como um exemplo a ser seguido especialmente no que diz respeito à abolição da piedade e moral tradicionais.

The post Alemanha: 131 igrejas fechadas em 5 anos appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

Congresso Eucarístico Nacional é realizado na Guatemala

Realizado na cidade de Quetzaltenango, o evento teve início na última quarta-feira, 10 de...

Beato Carlos de Blois: senhor feudal perfeito

Governador e patriarca da Bretanha – Noroeste da França –, aristocrata e batalhador que...

Sexta-feira da 14ª semana do Tempo Comum

(verde – ofício do dia) Recebemos, Senhor, vossa misericórdia no meio do vosso templo. Como...

Incêndio na torre da Catedral de Rouen

As imagens da torre em chamas da Catedral de Rouen evocam o terrível incêndio...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...