Início Notícias da Igreja Audiência geral: Papa destaca alguns dons próprios da velhice

Audiência geral: Papa destaca alguns dons próprios da velhice

0
1

Na catequese de quarta-feira, o Papa ressaltou o exemplo de Judite, uma jovem virtuosa, uma velhice generosa.

Redação (12/05/2022 09:54, Gaudium Press) Continuando sua catequese sobre a velhice, o Papa, na audiência de quarta-feira, na Praça de São Pedro, salientou o exemplo de Judite, a heroína do Antigo Testamento, prefigura de Nossa Senhora, que quando “jovem havia conquistado a estima da comunidade com sua bravura”. Já anciã, viveu consciente de ter cumprido a missão que o Senhor lhe confiara.

“Judite é uma jovem virtuosa e viúva judia que, graças à sua fé, beleza e astúcia, salva a cidade de Betulia e o povo de Judá do cerco de Holofernes, general de Nabucodonosor, rei da Assíria”, ressaltou Francisco.

Após essas aventuras, Judite retorna à sua cidade, Betulia, onde vive uma bela velhice até os 105 anos.

Como aproveitar o tempo que Deus nos dá, como por exemplo, o da velhice? perguntou-se o Papa.

“Judite fica viúva cedo e não tem filhos, mas, na velhice, é capaz de viver um tempo de plenitude e serenidade, na consciência de ter vivido plenamente a missão que o Senhor lhe confiou. Para ela, é tempo de deixar o bom legado de sabedoria, ternura e dons para a família e a comunidade: uma herança de bem e não apenas de bens”, afirmou o Pontífice.

Hoje, os avós também podem transmitir essa herança.

Os dons quase exclusivos da velhice

O Senhor dá talentos não só aos jovens e fortes, mas também aos idosos; dá-lhes um olhar mais atento e humano, um olhar mais penetrante, além de outros dons e carismas que a sociedade deve valorizar, dons de sabedoria que eles podem transmitir.

Com o passar do tempo, “as habilidades anteriores da vida ativa perdem sua parte de constrição e tornam-se recursos de doação: ensinar, aconselhar, construir, curar, ouvir…, de preferência, a favor dos mais desfavorecidos, que não podem permitir-se nenhum aprendizado e que estão abandonados à sua solidão”, destacou Francisco.

O Papa convidou a ler o livro de Judite, “esta história de uma mulher corajosa que acaba assim, com ternura, com generosidade, uma mulher à altura”.

Ele desejou às mulheres um fim de vida assim, corajosas e sábias, que deixem sobretudo como herança a sabedoria semeada nas novas gerações.

Com informações Vatican News.

The post Audiência geral: Papa destaca alguns dons próprios da velhice appeared first on Gaudium Press.