15.6 C
São Paulo
terça-feira, maio 18, 2021

Bispo critica decreto que fecha todas as Igrejas no Peru

Dom Javier Del Río, arcebispo de Arequipa acusa o governo do Peru de violar a dignidade dos peruanos ao decretar o fechamento de todos os templos.

Dom Javier Del Río, arcebispo de Arequipa acusa o governo do Peru de violar a dignidade dos peruanos ao decretar o fechamento de todos os templos.

Redação (03/02/2021, 14:10, Gaudium Press) O Arcebispo de Arequipa, no Peru, Dom Javier Del Río Alba, criticou publicamente a decisão do governo peruano que decretou o fechamento completo de todas as Igrejas e locais de culto do país, mas, por outro, permitiu que fossem abertos com 50% de suas capacidades, bancos, shopping centers e restaurantes.

Dom Javier Del Río comentou que “as recentes medidas tomadas pelo governo para enfrentar a segunda onda da pandemia da covid-19 mostram, mais uma vez, que nossos líderes não entendem a sociedade peruana nem quem ela é, nem os que a integram”.

Em suas censuras ao governo, o Arcebispo de Arequipa destacou que 95% dos peruanos professam alguma religião, segundo a qual a “pessoa humana” não é apenas matéria, mas tem, ao mesmo tempo, seu lado corporal e espiritual.
A atitude governamental deixa evidente que “nossos atuais governantes não compartilham mais dessa visão. A oposição já criticada entre saúde e economia agora adiciona um contraste mais sério e infundado entre saúde física e saúde espiritual”, destaca o Arcebispo.

 Dom Javier Del Río, arcebispo de Arequipa acusa o governo do Peru de violar a dignidade dos peruanos ao decretar o fechamento de todos os templos.O decreto viola a dignidade dos peruanos e os negligencia diante de suas necessidades espirituais

Dom Javier Del Río comenta em suas declarações que as medidas governamentais “ordenaram o fechamento total de templos e centros de culto em quase todo o Peru, enquanto nos mesmos locais é permitida a operação de bancos, shopping centers e até restaurantes, com capacidade que pode chegar a 50%.

Para o Prelado, “impedir até mesmo os fiéis de orar individualmente e com capacidade mínima nos templos, que é a ordem mais recente do governo, viola a dignidade dos peruanos e os negligencia diante de suas necessidades espirituais”.

Os 21 séculos de vida da Igreja testemunham que é fundamental os cristãos ouvirem juntos a Palavra de Deus, participarem na celebração da Eucaristia

O Arcebispo peruano acrescenta ainda em suas críticas às atitudes tomadas pelo governo que “o incontável número de mártires nos vinte e um séculos de vida da Igreja é um testemunho da importância de os cristãos ouvirem juntos a Palavra de Deus, participar na celebração da Eucaristia e ir livremente à Igreja onde reconhecemos a presença real de Cristo”.

Preocupar com a saúde integral dos peruanos que não se limita à saúde física, mas inclui a saúde espiritual

Para encerrar suas ponderações sobre a atitude do governo, Dom Javier Del Río afirma:
“O certo seria eles se preocuparem com a saúde integral dos peruanos, que não se limita à saúde física, mas inclui a saúde espiritual, e permitir a abertura de templos e celebrações religiosas, com as devidas medidas de biossegurança que, aliás, seguimos há meses. ” (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações e foto InfoCatólica)

The post Bispo critica decreto que fecha todas as Igrejas no Peru appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 + oito =

- Advertisement -

Ultimas Notícias