19.6 C
São Paulo
quarta-feira, abril 14, 2021

Bispos cubanos exortam fiéis a crescer diante das dificuldades

A Igreja vive o tempo da Quaresma, a preparação para viver “a fé renovada em Cristo, que morreu e ressuscitou por nós”.

A Igreja vive o tempo da Quaresma, a preparação para viver “a fé renovada em Cristo, que morreu e ressuscitou por nós”.

Redação (08/03/2021, 18:15,  Gaudium Press) Com uma exortação breve e cheia de afeto e encorajamento, os bispos de Cuba dirigiram aos fiéis, no final da Assembleia Ordinária da Conferência Episcopal, realizada aos pés da imagem da Virgem da Caridade do Cobre.

“Queremos exortá-los a saber como crescer, mais uma vez, diante das dificuldades.

Convidamos-vos a fazer das vossas famílias uma pequena igreja, uma comunidade doméstica onde se reza o Pai Nosso e a Ave Maria, se lê a Palavra de Deus e onde com maior intensidade apresentamos a Deus as necessidades de todo o nosso povo ”.

A Virgem da Caridade do Cobre e Cuba de ontem e de hoje

A Virgem da Caridade do Cobre é a padroeira de Cuba e, segundo a tradição, sua imagem foi encontrada em 1612 na baía de Nipe, por dois índios e um escravo negro.

Pouco depois, a imagem da Virgem foi transportada para “El Cobre”, de onde tirou o nome.
Desde o encontro da imagem, a devoção à Virgem espalhou-se com surpreendente rapidez por toda a ilha e ainda hoje é transmitida de geração em geração.

Em 10 de maio de 1916, o Papa Bento XV declarou Nossa Senhora da Caridade de El Cobre Padroeira Principal da República de Cuba.

Os tempos que vivemos na Mensagem dos Bispos cubanos

Em sua Mensagem, os Bispos escrevem que os “Os tempos que vivemos não são fáceis para todos pensamos e rezamos especialmente por aqueles que foram infetados pela epidemia, assim como por todo o pessoal de saúde que cuida deles e os cientistas que têm trabalhado em busca de várias vacinas.

Os Bispos afirmam em sua Mensagem: “Pensamos e oramos por aqueles que temem ser infectados ou infectar os membros mais vulneráveis ​​da família.
Pensamos e rezamos, da mesma forma, por seus esforços para conseguir o pão, os remédios e as forças necessárias para viver no dia a dia”.

Tristeza dos fiéis por não se reunir nos templos para as celebrações do Dia do Senhor

Em particular, os bispos compartilham a tristeza de muitos por não poderem se reunir nos templos e casas de missão para as celebrações habituais do domingo como o Dia do Senhor e enfatizam que:

“Em qualquer circunstância o domingo é o dia do louvor, da ação do obrigado e compartilhando em família ”.

A Igreja vive a Quaresma a preparação para a viver “a fé renovada em Cristo, que morreu e ressuscitou por nós”

Os Bispos recordam que a Igreja está vivendo o tempo da Quaresma, “os quarenta dias de preparação para a comemoração anual da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo Nosso Senhor”.

Portanto, vivemos “a fé renovada em Cristo, que morreu e ressuscitou por nós, que enche nossos corações de esperança e nos faz viver todas as realidades da nossa existência confiando no amor do Senhor! ”

A Virgem da Caridade do Cobre, acompanhou o nosso povo ao longo da história, está agora ao nosso lado

Para encerrar suas palavras, os Bispos recordam que certos de que a Virgem da Caridade de Cobre, “tal como acompanhou o nosso povo ao longo da sua história, também está agora ao nosso lado, conhece nossos desejos, ansiedades e esperanças” e pedem a intercessão da Virgem para todos os cubanos “diante de seu Filho Jesus Cristo. ”  (JSG)

 

The post Bispos cubanos exortam fiéis a crescer diante das dificuldades appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × 4 =

- Advertisement -

Ultimas Notícias