No rebanho de Cristo, há muita ovelha que o é só de aparência, porque, por dentro, o que nela se oculta é um lobo feroz e traiçoeiro. Mas como conhecer quem é lobo e quem é ovelha, por que sinal distinguir os bons dos maus cristãos? É Jesus mesmo quem responde: “Vós os conhecereis pelos seus frutos”. Mas que frutos são esses, afinal, que indicam a boa ou má procedência de sua raiz? Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta quarta-feira, dia 26 de junho, e entenda por que não são nem os jejuns nem as esmolas, nem as orações nem a eficácia apostólica o que distingue os fiéis dos falsos profetas, mas antes a caridade que é fruto do Espírito Santo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro − 3 =