Dia Mundial das Missões: com as POM, o batizado responde à vocação missionária

Must Read

Missal Romano é traduzido para a linguagem dos sinais

A obra, que contou com a consultoria de pessoas com deficiência auditiva, irá auxiliar os surdos e mudos do...

Bangladesh: a devoção a Nossa Senhora é transmitida de geração a geração

Bangladesh: milhares de homens, mulheres e crianças participam de grupos que rezam o Santo Rosário em família para homenagear...

O Martírio de Santa Cecília

Por causa da perseguição aos cristão o Papa refugiava-se nas catacumbas. Uma jovem nobre o procurou e pediu o...


As POM não são uma instituição financeira, são uma rede idealmente formada por católicos que apoiam com a oração e a caridade a vida de Igrejas mais necessitadas.

As POM não são uma instituição financeira, são uma rede idealmente formada por católicos que apoiam com a oração e a caridade a vida de Igrejas mais necessitadas.
Redação (17/10/2020, 13:45, Gaudium Press) Tendo em vista o “Dia Mundial das Missões”, que será celebrado neste domingo, 18 de outubro, Padre Tadeusz J. Nowak, OMI, secretário geral da Pontifícia Obra para a Propagação da Fé, uma das quatro Pontifícias Obras Missionárias (POM), afirmou em declarações feitas para Agencia Fides:

“As Pontifícias Obras Missionárias são um instrumento nas mãos de Deus, a serviço do Papa, para que cada batizado possa responder à sua vocação missionária. ”

Somos todos missionários e participamos da missão evangelizadora da Igreja

Para o Padre Nowak, somos todos missionários e participamos da missão evangelizadora da Igreja.
As POM são uma rede que, idealmente formada por todos os católicos do mundo, apoia com a oração e a caridade a vida das pequenas Igrejas, especialmente as mais necessitadas, diz o sacerdote missionário.

Oração e Caridade: as POM não são uma instituição financeira

“As POM não são uma instituição financeira que distribui ajuda em dinheiro, mas uma rede que, idealmente formada por todos os católicos do mundo, apoia com a oração e a caridade a vida dessas pequenas Igrejas, especialmente as mais necessitadas”, afirma o secretário geral da Pontifícia Obra para a Propagação da Fé.

Completamente dependentes da Providência Divina: assim são as POM

“As Pontifícias Obras Missionárias são completamente dependentes da Providência de Deus, através das ofertas gratuitas dos fiéis. Ajudamos a vida das Igrejas locais em territórios de missão, através da Congregação para a Evangelização dos Povos, porque são comunidades que estão crescendo, são Igrejas jovens, devem desenvolver-se e precisam de ajuda em todas os âmbitos: nas estruturas eclesiais, para paróquias, centros pastorais, escolas, pessoal, professores, catequistas. ”

As POM, instrumento nas mãos de Deus, a serviço do Papa

Padre Nowak explicou, então, o significado da coleta universal que, no Dia Missionário, vai ajudar a constituir junto às POM o Fundo de Solidariedade Universal:
“Com esse fundo fazemo-nos próximos das comunidades católicas que vivem nos países pobres. Deve-se notar que, apesar da pobreza, não falta a generosidade do povo: os fiéis cuidam das necessidades da Igreja, e as POM dão a eles uma válida contribuição”.

As POM não são uma instituição financeira, são uma rede idealmente formada por católicos que apoiam com a oração e a caridade a vida de Igrejas mais necessitadas.

Um exemplo e modelo de missionário para cada batizado: Pauline Jaricot

A venerável Pauline Jaricot (1799-1862), é exemplo e modelo de missionário para todo batizado, afirma o Padre Nowak, recordando a figura da fundadora da Obra para a Propagação da Fé:
“Jaricot, em sua época, dedicou-se humilde e ardentemente às missões. É uma figura de mulher e leiga que é extraordinariamente importante para a história da missão da Igreja. Tinha profunda fé em Deus e, apesar dos sofrimentos e injustiças por que passou, jamais perdeu a fé porque adquiria sua força na Eucaristia e na Adoração Eucarística. ”

Pauline “é uma figura realmente inspiradora: sua humildade e fidelidade a Deus são as raízes de seu compromisso missionário. Através de sua obra queria tão somente dar glória a Deus. Jaricot é um exemplo e um modelo para cada batizado do terceiro milênio”, diz o secretário geral da Pontifícia Obra para a Propagação da Fé para concluir suas palavras. (JSG)

The post Dia Mundial das Missões: com as POM, o batizado responde à vocação missionária appeared first on Gaudium Press.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

19 + dezessete =

Latest News

Missal Romano é traduzido para a linguagem dos sinais

A obra, que contou com a consultoria de pessoas com deficiência auditiva, irá auxiliar os surdos e mudos do...

Bangladesh: a devoção a Nossa Senhora é transmitida de geração a geração

Bangladesh: milhares de homens, mulheres e crianças participam de grupos que rezam o Santo Rosário em família para homenagear Nossa Senhora. Bangladesh (22/10/2020, 16:45, Gaudium...

O Martírio de Santa Cecília

Por causa da perseguição aos cristão o Papa refugiava-se nas catacumbas. Uma jovem nobre o procurou e pediu o batismo. A jovem era Santa...

Quem foi São João Paulo II?

No dia de hoje, 22 de outubro, a Igreja celebra a memória litúrgica de São João Paulo II. Conheça a história do Santo Pontífice...

Amar a Deus é uma forma de oração?

Embora o amor a Deus, apropriadamente chamado de Caridade, seja o maior de todos os dons (1Cor 12,31) e a maior das virtudes teologais,...

More Articles Like This