20.4 C
São Paulo
sábado, abril 17, 2021

É seguro celebrar atos religiosos em ruas e praças, garante a Organização Mundial da Saúde

A OMS entende que é “difícil estar fisicamente separado dos entes queridos durante os feriados religiosos e que é difícil não estar juntos para rezar ou celebrar”.

 A OMS entende que é "difícil estar fisicamente separado dos entes queridos durante os feriados religiosos e que é difícil não estar juntos para rezar ou celebrar".

Redação (01/04/2021, 11:30, Gaudium Press) Alegando um possível aumento da propagação da Covid-19, uma grande parte dos países proibiu atos religiosos em praças e vias públicas e outros proibiram a realização até no interior das igrejas, mesmo obedecendo as normas de restrições de contato.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), porém, tem um pensamento diferente. Em um comunicado, o organismo internacional garante que é seguro celebrar os atos religiosos em ambientes abertos como ruas e praças.

OMS aconselhou seus membros a celebrar atos religiosos em ambientes abertos

O Escritório da OMS na Europa, diante do “ressurgimento” da pandemia no ‘velho continente’, aconselhou seus membros a “minimizar o risco” de infecções por covid-19 durante as comemorações da Semana Santa e Páscoa, celebrando atos religiosos em ambientes abertos.

O comunicado da OMS afirma que “Hoje, todos experimentam uma mistura de frustração e esperança, pois a cobertura vacinal permanece baixa, embora os primeiros sinais de impacto da vacinação aparecem”, porém, “muitos países europeus estão no meio de um sério ressurgimento de casos” de contaminação.

“A fé pode ser fonte de apoio, conforto e orientação, principalmente nos tempos de COVID-19”

Para o organismo internacional, “A fé pode ser fonte de apoio, conforto e orientação, principalmente nos tempos de COVID-19”, diz, lembrando que nesses dias temos a Semana Santa e a Páscoa para os cristãos.

“Independentemente do local, qualquer culto religioso deveria ser realizado ao ar livre sempre que possível ou ter (nos que foram realizados internamente) um tamanho e duração, com distanciamento físico, ventilação, higienização das mãos e uso de máscara, conforme cada caso”, insiste a OMS.

É difícil não estar juntos fisicamente para rezar durante os feriados religiosos

A Organização Mundial da Saúde entende que é “difícil estar fisicamente separado dos entes queridos durante os feriados religiosos e que é difícil não estar juntos para rezar ou celebrar”.
Porém, a Organização garante que “as decisões individuais durante esses feriados religiosos não afetam apenas aqueles que estão próximos a eles, mas também as comunidades”. (JSG)

(Informações InfoCatólica – Foto Diocese de Funchal)

The post É seguro celebrar atos religiosos em ruas e praças, garante a Organização Mundial da Saúde appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

3 × um =

- Advertisement -

Ultimas Notícias