10.8 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022

EUA: Continuam os atos de vandalismo contra as igrejas

Uma onda de vandalismo e violência anticatólica varre os EUA.

Foto: Reprodução/Youtube catholicnewsagency

Foto: Reprodução/Youtube catholicnewsagency

Redação (30/06/2022 17:24, Gaudium Press) Este ataque é o mais recente de uma onda de vandalismo contra as igrejas e centros pró-vida depois que a Corte Suprema anulou a sentença Roe vs. Wade.

Uma senhora estava rezando sozinha na capela de adoração perpétua da Igreja Católica de St. Louise, em Bellevue, Washington, quando escutou ruídos de violência na rua. Ela foi ver o que estava acontecendo e deparou-se com uma pessoa mascarada do lado de fora do centro paroquial quebrando a porta de vidro da frente. Este vândalo começou a vociferar blasfêmias, aterrorizando a senhora que correu de volta para a capela, trancando a porta atrás de si.

Câmera de vigilância

Uma câmera de vigilância capturou o ato de vandalismo em vídeo.

A filmagem mostra uma pessoa mascarada com cabelos compridos caminhando até a porta, carregando uma grande pedra e uma mochila rosa. A pessoa arremessa a pedra na porta da frente, três vezes, depois chuta a porta quatro vezes, estilhaçando o vidro.

A pessoa então retira uma lata de tinta spray preta da mochila e começa a escrever grafites no exterior do prédio. Em seguida, faz gestos obscenos em direção à porta, quebra o vidro novamente com a lata de tinta spray e empurra a porta. Depois, continua a pintar o exterior e a calçada do prédio.

A polícia disse que o suspeito de 31 anos foi preso “sem incidentes”. “O grafite pintado nas paredes e artefatos da igreja era anticatólico”, escreveu o departamento de polícia no Twitter. “De acordo com a RCW, um crime de ódio inclui atos que ‘desfiguram bens imóveis religiosos com palavras, símbolos ou itens que são depreciativos para pessoas da fé associadas à propriedade’”.

De acordo com o The Seattle Times, o grafite incluía o texto “a igreja é abuso infantil” e “odeiam as mulheres”.

O Padre Gary Zander postou uma nota no site da igreja descrevendo o incidente, e agradecendo por ninguém ter ficado ferido.

“Obrigado por suas orações por nossa paróquia e comunidade escolar enquanto nos curamos dessa experiência”, escreveu Pe. Zender. “Além disso, por favor, reze pelo jovem perturbado e irritado que decidiu prejudicar nossa paróquia e escola e pela cura de nossa sociedade. Sempre somos abençoados por fazer parte de uma comunidade forte e cheia de fé e, principalmente, em tempos difíceis.”

Com informações catholicnewsagency

The post EUA: Continuam os atos de vandalismo contra as igrejas appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias