Início Notícias da Igreja Igreja na Ucrânia: Refúgio de Esperança

Igreja na Ucrânia: Refúgio de Esperança

0
1

A fundação Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) lançou a campanha “Igreja na Ucrânia: Refúgio de Esperança”.

Foto: Nick Samoylov, Unplash

Foto: Nick Samoylov, Unplash

Redação (13/05/2022 14:39, Gaudium Press) O número de pessoas que tiveram que abandonar suas casas na Ucrânia já está atingindo níveis apocalípticos. Existem mais de 4 milhões de refugiados fora do país e mais de 7 milhões de deslocados internos, que fugiram fundamentalmente em direção ao oeste por causa dos ataques das forças russas.

Diante desta realidade, que não se conhecia na Europa desde a Segunda Guerra Mundial, a fundação Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) lançou a campanha “Igreja na Ucrânia: Refúgio de Esperança”, que é uma nova fase de ajuda que esta associação vem prestando no país, após a invasão russa em fevereiro.

A essência desta campanha é colaborar na reestruturação da Igreja, para que ela acolha em seu espaço aqueles que perderam tudo. Projetos da Igreja nesse sentido já chegaram aos escritórios da ACN, no valor de um milhão e meio de euros.

Por exemplo, um dos projetos visa transformar sete mosteiros de duas congregações religiosas masculinas, para acolher milhares de desalojados, principalmente mães com filhos.

Na região de Ivano-Frankivsk, onde há mais de 40.000 refugiados internos, a Igreja local está pedindo o apoio da ACN para que 10 de suas paróquias cubram os custos de acolhimento desses refugiados por um mês. Lá também procuram apoiar as irmãs da Sagrada Família para que acolham refugiados em seu mosteiro.

Existem cerca de 55 casas e conventos de religiosas, de 19 congregações diferentes, que acolhem os desalojados no oeste da Ucrânia, que a ACN procura ajudar.

Sustentação do clero na Ucrânia

A ACN também está empenhada em sustentar cerca de 5.000 sacerdotes e religiosos e 1.350 religiosos espalhados por toda a Ucrânia. Eles também precisam ver suas necessidades básicas atendidas para continuar exercendo sua função ministerial e caritativa. Espera-se que os sacerdotes recebam ajuda direta com base nos estipêndios de missas.

Da mesma forma, há uma intenção especial em apoiar o seminário Sagrado Coração de Jesus em Vorzel, nos arredores de Kiev, que foi atingido por um projétil. Seus seminaristas e formadores tiveram que ser transferidos para o oeste da Ucrânia.

Com informações Infocatólica.

The post Igreja na Ucrânia: Refúgio de Esperança appeared first on Gaudium Press.