Início Notícias da Igreja La Madrugá, tradicional procissão espanhola, reúne milhares de pessoas

La Madrugá, tradicional procissão espanhola, reúne milhares de pessoas

0
1

A tradicional procissão de Semana Santa de Sevilha, La Madrugá, voltou a reunir milhares de fiéis em torno das imagens da Paixão de Cristo 

Redação (15/04/2022 13:00, Gaudium Press) A cidade de Sevilha, no sul da Espanha, é conhecida por abrigar uma das mais tradicionais procissões de Semana Santa: “La Madrugá”.

Por causa da pandemia, La Madrugá foi anulada por dois anos consecutivos, mas na passada noite de quinta-feira santa (14 de março) para Sexta-feira santa, os carros de procissão retomaram as ruas da cidade.

Milhares de fiéis reunidos puderam ver a saída dos carros processionais, de cada uma das igrejas das confrarias sevilhanas, e acompanhar uma a uma das procissões que intercalam momentos de silêncio, instrumentos musicais e saetas.

La Madrugá começa por volta da meia-noite de quinta-feira para sexta-feira santa e dura cerca de 12 horas. 

Confrarias fundadas na Idade Média 

As confrarias (ou irmandades) são formadas por grupos de fiéis leigos, que organizados em hierarquia, desfilam em procissão pela cidade com imagens da piedade católica.

Sevilha conta com seis confrarias responsáveis pela La Madrugá, entre as quais algumas têm sua origem na Idade Média, como é o caso da confraria do Silêncio, fundada em 1340.

As confrarias sevilhanas de Semana Santa 

As outras cinco confrarias da capital da Andaluzia são: a confraria del Gran Poder, a confraria de la Esperanza Macarena, a confraria del Calvario, a confraria de la Esperanza de Triana e a confraria de los Gitanos.

As imagens carregadas em andores representam a piedade e o sofrimento de Nosso Senhor e de Nossa Senhora. Entre as mais famosas estão: Senhor da Sentença e a Virgem de Macarena, conhecidos por serem cuidadosamente adornados. (FM)

The post La Madrugá, tradicional procissão espanhola, reúne milhares de pessoas appeared first on Gaudium Press.