Os santos de que a Igreja hoje faz memória concluíram a vida com um duplo martírio: com o da religião, por se recusarem a abjurar da fé católica, e com o do pudor, por se negarem a entregar seus corpos ao pecado contra a natureza. Assim morreram, em Uganda, os bem-aventurados Carlos Lwanga e outros 21 companheiros, que professaram corajosamente sua fé em Jesus Cristo e preservaram incorruptas suas almas contra os desmandos lascivos de um rei infenso à verdade do Evangelho e à beleza salutar da moral sexual cristã. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta segunda-feira, 3 de junho, e que Deus nos infunda ânimo para perseverarmos, constantes, na fé que recebemos e vivermos uma vida limpa e íntegra.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here