InícioNotícias da IgrejaMissionário queniano é encontrado sem vida na Venezuela

Missionário queniano é encontrado sem vida na Venezuela

Published on

O corpo do sacerdote queniano Josiah Asa K’Okal foi encontrado sem vida na região venezuela de Monagas. O sacerdote estava desaperecido desde o dia 1° de janeiro

Um Crucifixo destruído, pedidos de desculpas pouco convincentes, foge-se de dizer aos profanadores a profundidade do mal que praticaram: alguém precisa dizer.

Redação (05/01/2023 11:30, Gaudium Press) O sacerdote Josiah Asa K’Okal, Missionário da Consolata, que desapareceu no dia 1º de janeiro, foi encontrado sem vida no dia seguinte na região de Guara, no estado de Monagas, Venezuela. O corpo do missionário, de origem queniana e naturalizado venezuelano, foi encontrado enforcado em uma árvore, em uma área de densa vegetação.

O diretor do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (CICPC) da Venezuela, Douglas Rico, informou que as investigações em torno da morte do sacerdote concluíram que ele atentou contra a própria vida e enforcou-se, descartando assim a pista sobre homicídio. A perícia na casa do sacerdote revelou a presença de um pedaço de corda semelhante àquela utilizada no local do incidente. Além disso, interrogatórios com vizinhos e pessoas próximas, juntamente com mensagens encontradas no telefone do sacerdote, sugerem que ele enfrentava um quadro depressivo.

Contudo, a comunidade indígena dos Warao, à qual o padre K’Okal dedicou anos de sua vida pastoral e missionária, solicita uma investigação “séria e credível”. Algumas pessoas não acreditam na versão da polícia, argumentando que o missionário da Consolata frequentemente denunciava maus-tratos contra os indígenas e contra as pessoas da região.

Nascido em Siaya, Nyanza, no Quênia, em 7 de setembro de 1969, o sacerdote de 54 anos de idade fez sua profissão religiosa nos Missionários da Consolata em 1993 e foi ordenado sacerdote em 1997, após concluir seus estudos de Teologia em Londres.

Em 1997, ele foi enviado para a Venezuela como missionário junto à população indígena. No país sul-americano, desempenhou diversas funções dentro da congregação, incluindo administrador, conselheiro e até mesmo superior da Delegação dos Missionários da Consolata na Venezuela.

No ano de 2006, decidiu dedicar-se ao estudo da língua e da cultura do povo indígena Warao. Além disso, acompanhou o fluxo migratório de muitos venezuelanos e indígenas em direção ao Brasil, devido à crise enfrentada pelo país. (FM)

The post Missionário queniano é encontrado sem vida na Venezuela appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

3º Domingo da Páscoa: um convite ao verdadeiro amor

Amor, palavra que precisa ser devidamente compreendida, conforme nos propõe a Liturgia deste 3º...

Santa Ludovina

Na Holanda, Santa Ludovina, cuja memória é celebrada no dia 14 de abril, suportou...

Atentado de Anagni

O Rei Felipe, o Belo, neto de São Luís IX, promoveu contra o Papa...

Mosteiro europeu sem falta de vocações

Atualmente, quase 100 monges residem no mosteiro cisterciense de Heiligenkreuz, localizado ao sul de...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...