O Evangelho que a Igreja proclama hoje nos traz a perícope do homem de mão seca. Situado no contexto de mais um conflito entre Jesus e os mestres da Lei, este episódio, lido desde uma perspectiva espiritual, nos revela nossa radical incapacidade de amar e praticar o bem. Porque, sem a graça de Cristo, sem o qual nada podemos fazer, somos como o bronze que soa ou o címbalo que retine. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta quarta-feira, dia 22 de janeiro, e estendamos hoje o nosso coração ressequido ao Senhor, em quem a antiga lei teve pleno cumprimento, para que Ele nos ponha agora e para sempre sob amparo da lei da graça e do amor.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here