Era necessário, segundo o decreto eterno da Santíssima Trindade, que o Filho, uma vez glorificado, primeiro voltasse para o Pai dos céus, para que só então o Espírito Santo fosse enviado aos homens, a fim de convencer o mundo do pecado, que é não crer em Jesus Cristo; da justiça, que é estar unido a Deus com uma fé informada pela caridade; e do juízo, que é a vitória gloriosa da cruz, sob a qual foi condenado o chefe deste mundo e quantos o seguem em seu ódio ao santíssimo Nome de Cristo. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta terça-feira, 28 de maio, e peçamos a Deus com preces mais fervorosas a efusão do Espírito Santo em nossas vidas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here