23.6 C
São Paulo
quinta-feira, junho 16, 2022

O risco da cibernética

O contato do homem com a realidade já é quase necessariamente mediado pelas pequenas telas pretas. O problema é quem pode estar atrás dessas telas.

Foto: Ales Nesetril, Unplash

Foto: Ales Nesetril, Unplash

Redação (20/05/2022 13:43, Gaudium Press): Hoje a tecnologia cibernética está tão ligada ao ser humano que tem gente que já diz que todo mundo é meio cyborg, porque os celulares são quase parte de nós mesmos…

Tecnologia que facilita a vida, que pode viciar, e que também pode servir para instaurar a pior das ditaduras, capaz de monitorar até a respiração do ser humano.

Nos últimos dias, foi noticiado o caso de Xie Yang, defensor de direitos humanos na China. Certo dia ele ia visitar a mãe de Zhang Zhan, jornalista condenado a quatro anos de prisão por ousar revelar o que realmente estava acontecendo em Wuhan, no início da pandemia. Xie foi ao aeroporto, no dia 6 de novembro – as autoridades o alertaram para não fazer aquela viagem – e quando estava prestes a embarcar no avião, zás!, seu passaporte sanitário fica vermelho, o que de acordo com os regulamentos atuais obrigava-o a ficar em quarentena por duas semanas; de fato, ele foi forçado a ir para um centro de quarentena que, na verdade, era um centro de repressão política.

Agora o site de notícias LifeSite informa que o Irã vai racionar o acesso ao pão subsidiado, o que será feito por meio de cupons digitais e da Carteira de Identidade Nacional Biométrica, que está em vigor desde 2015. O cartão possui um chip que armazena dados biométricos, nos quais se encontram scans da íris, impressões digitais e imagens faciais, e que já vem sendo usado para acessar certos serviços governamentais.

A verdade é que o custo do trigo é bastante alto, e para muitos iranianos comprar pão e outros alimentos no supermercado já não é uma opção (50% dos iranianos vivem abaixo da linha da pobreza e estima-se que os preços de mercado podem chegar a 7 vezes maior do que um alimento subsidiado), muitos iranianos já dependem do programa estatal de subsídio alimentar, que agora é administrado via biometria-cibernética. Trata-se, portanto, de uma nacionalização da economia auxiliada pela tecnologia.

***

Aqui está outro exemplo de distorção artificial da realidade, ou controle da realidade por meio dessas tecnologias.

Também é LifeSite que informa que aproximadamente metade dos 22,3 milhões de seguidores da conta do Twitter do presidente Joe Biden (@POTUS), são contas fakes, falsas, ou seja, “contas inacessíveis e nas quais não se veem os tweets da conta (seja porque são spam, bots, propaganda, etc. ou porque não estão mais ativos no Twitter)”, segundo SparkToro, empresa de auditoria.

***

O contato do homem com a realidade já é quase necessariamente mediado pelas pequenas telas pretas. O problema é que por detrás das pequenas telas também há muitos que te observam, tentam te manipular, te controlar, e às vezes conseguem… cuidado. (SCM)

The post O risco da cibernética appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias