[bmto id=”3″]https://www.youtube.com/watch?v=aT4vbdR263U[/bmto]

Ainda hoje se repete, nos lábios de não pouca gente, a mesma acusação que fizeram outrora a Jesus os fariseus e mestres da Lei, mas com uma finalidade extremamente oposta: antes, acusavam Jesus de ser pecador por acolher os pecadores; hoje, acusam-no de fazer vista grossa ao pecado porque acolhia a todos. Nem um nem outro é o Jesus real, nem têm os acusadores uma correta noção do que é misericórdia: os primeiros, porque, julgando-se perfeitos, pensam que é a sua justiça que lhes merece a benignidade divina; os outros, porque imaginam que Deus faz pouco caso dos seus direitos, pouco lhe importando se o ofendemos ou amamos. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta quinta-feira, dia 7 de novembro, e medite conosco mais uma página do Santo Evangelho.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

nove − seis =