Presidente de Moçambique visita Bispo de Pemba: pacificação?

Must Read

Com o auxílio da tecnologia, figura de Cristo é reconstruída em 3D

Os trabalhos para a realização da imagem 3D de Cristo demoraram dois anos e tornaram ainda mais claro que...

“Liberdade religiosa tem sido mais limitada que outras liberdades”, afirmam Juristas Católicos

Portugal: Juristas Católicos consideram que no combate à pandemia de coronavírus a “liberdade religiosa tem sido injustificadamente mais limitada...

Padre Justino, fundador dos Vocacionistas será proclamado santo

Justino Russolillo morreu em 1955, sempre quis viver como um simples pároco, mas, fundou a Congregação dos Vocacionistas e...


Analistas moçambicanos consideram que o encontro entre o Presidente Nyusi e o bispo de Pemba serviu para esclarecer, desanuviar as tensões e calar os ódios.

Analistas moçambicanos consideram que o encontro entre o Nyusi e o bispo de Pemba serviu para esclarecer, desanuviar as tensões e calar os ódios.

Maputo – Moçambique (02/09/2020, 17:20 – Gaudium Press) O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, reuniu-se na última segunda-feira, 31 de agosto, com o bispo católico de Pemba, Dom Luiz Fernando Lisboa.

Segundo divulgou o próprio presidente Nyusi em sua página no Facebook, o encontro teve como tema principal a violência armada na região de Cabo Delgado.

Durante o encontro com o bispo de Pemba, Filipe Nyusi manifestou preocupação com o desaparecimento de duas religiosas pertencentes à congregação das Irmãs de São José de Chambery e de uma comunidade de mais de 60 pessoas que estas acompanhavam, na vila de Mocímboa da Praia.

Recorda-se que esta localidade começou a ser atacada por grupos armados no passado dia 5 de agosto. Desde essa data que se desconhece o paradeiro do grupo.

Em declarações aos jornalistas no final do encontro, Filipe Nyusi destacou o alerta dado por Dom Luiz Fernando Lisboa para a necessidade de oferecer apoio psicológico às populações afetadas pela violência. E o presidente mesmo delarou que: “Há um trabalho psicológico que deve ser feito com as pessoas afetadas. Alguém que vê o filho ou marido a ser decapitado ou morto precisa de um conforto”.

Membros da Frelimo afirmaram que o Bispo apoiava os insurgentes de Cabo Delgado

Ainda há pouco, dirigentes e apoiadores da Frelimo, o partido que está no poder em Moçambique, chegaram a acusar o Bispo de ser um dos “financiadores dos insurgentes”.
Tudo leva a crer que este encontro da segunda-feira tenha siso um sinal da aproximação entre o chefe de Estado moçambicano e o bispo de Pemba, depois das críticas feitas contra Dom Luiz Fernando Lisboa por parte de pessoas ligadas à Frelimo.

Ainda no texto divulgado em sua página no Facebook, o Presidente Nyusi assegurou no texto que divulgou na sua página de Facebook que “Foi um encontro bom, a avaliar pela rica informação partilhada, uma vez que a Igreja Católica está enraizada na província. O diálogo com todas as forças vivas da sociedade continua a ser a nossa maior aposta de governação”.

O encontro entre Nyusi e Bispo de Pemba desanuvia tensões e ódios

Analistas da situação atual de Moçambique, consideram de grande importância o encontro entre o Presidente Filipe Nyusi e o bispo de Pemba: ele pode servir para desanuviar a tensão e calar o ódio, depois de o religioso ter sido acusado nas redes sociais de supostamente financiar o terrorismo em Cabo Delgado.

Estes analistas políticos e jornalistas são de opinião que o gesto de Filipe Nyusi cala os críticos do bispo de Pemba e presta homenagem a uma das “vozes que mais se tem preocupado” com a população de Cabo Delgado, que há quase três anos sofre de agressões terroristas.

É bom recordar que foi o chefe de Estado que se deslocou até a residência do Bispo de Pemba, o que pode ser interpretado como um gesto de humildade, depois de declarações do chefe de Estado que insinuavam que sente desconforto em relação aos críticos da situação de Cabo Delegado.
O que agora se espera é que o gesto do chefe do Estado de se distanciar da conduta “negativa e inadequada” dos seus conselheiros seja sincero, e que reconheça o bispo de Pemba como uma autoridade católica que levanta o clamor da população de Cabo Delgado.

Termina a “Tensão” Maputo-Vaticano?

Comentaristas e analistas políticos observam que a reunião as segunda-feira em Pemba trouxe um apaziguamento na tensão entre Maputo e o Vaticano. Não se “diabolizou” o bispo de Pemba, pelo contrário, era necessária uma cooperação, levando em consideração o papel que a igreja católica sempre desempenhou na pacificação de Moçambique.
O encontro que foi realizado a pedido do bispo, aconteceu poucos dias depois de circularem, nas redes sociais, textos assinados por indivíduos considerados apoiadores de Nyusi, sugerindo que o religioso apoiava os insurgentes que aterrorizam Cabo Delgado, devendo por isso ser expulso do país. (JSG)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 + 3 =

Latest News

Com o auxílio da tecnologia, figura de Cristo é reconstruída em 3D

Os trabalhos para a realização da imagem 3D de Cristo demoraram dois anos e tornaram ainda mais claro que...

“Liberdade religiosa tem sido mais limitada que outras liberdades”, afirmam Juristas Católicos

Portugal: Juristas Católicos consideram que no combate à pandemia de coronavírus a “liberdade religiosa tem sido injustificadamente mais limitada do que as outras liberdades”. Lisboa...

Padre Justino, fundador dos Vocacionistas será proclamado santo

Justino Russolillo morreu em 1955, sempre quis viver como um simples pároco, mas, fundou a Congregação dos Vocacionistas e dois institutos femininos.   Cidade do Vaticano...

Vaticano inaugura decoração natalina em 11 de dezembro

O presépio e a árvore de Natal permanecerão na Praça de São Pedro até a festa do Batismo do Senhor, que ocorrerá no dia...

A oração é o elo entre o nosso coração e Deus

Primeiro, é bom nos lembrarmos de que toda oração, quando a fazemos com o coração e com a mente abertos à vontade de Deus,...

More Articles Like This

Clique aqui para receber todas as noticias!
Dismiss
Allow