Santa Margarida Maria Alacoque

Must Read

Missionários Saletinos no Brasil realizam 27º Capítulo Provincial

Durante o encontro, os religiosos saletinos escolherão o novo Conselho Provincial para o triênio de 2021 a 2023. Paraná –...

Violência anticatólica no Chile: Bispos Argentinos da Patagônia se unem em oração

Unimos a Vós, queremos estar perto de Vós em profunda comunhão de oração, nestes momentos de tristeza e angústia. São...

Polônia comemorou 36º aniversário do martírio do beato Jerzy Popiełuszko

Em 19 de outubro de 1984, poucas horas após celebrar sua última missa, o Padre Popiełuszko foi sequestrado e...


Deus suscitou este luzeiro, ou seja, portadora da luz, que é Cristo, num período em que na Igreja penetrava as trevas do Jansenismo (doutrina que pregava um rigorismo que esfriava o amor de muitos e afastava o povo dos sacramentos). O nome de Santa Margarida Maria Alacoque está intimamente ligado à fervorosa devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Nasceu na França em 1647, teve infância e adolescência provadas, sofridas. Órfã de pai e educada por Irmãs Clarissas, muito nova pegou uma estranha doença que só a deixou depois de fazer o voto à Santíssima Virgem.

Com a intercessão da Virgem Maria, foi curada e pôde ser formada na cultura e religião. Até que provada e preparada no cadinho da humilhação, começou a cultuar o Santíssimo Sacramento do Altar e diante do Coração Eucarístico começou a ter revelações divinas.

“Eis aqui o coração que tanto amou os homens, até se esgotar e consumir para testemunhar-lhe seu amor e, em troca, não recebe da maior parte senão ingratidões, friezas e desprezos”. As muitas mensagens insistiram num maior amor à Santíssima Eucaristia, à Comunhão reparadora nas primeiras sextas-feiras do mês e à Hora Santa em reparação da humanidade.

Incompreendida por vários, Margarida teve o apoio de um sacerdote, recebeu o reconhecimento do povo que podia agora deixar o medo e mergulhar no amor de Deus. Leão XIII consagrou o mundo ao Sagrado Coração de Jesus e o Papa Pio XIII recomendou esta devoção que nos leva ao encontro do Coração Eucarístico de Jesus. Santa Margarida Maria Alacoque morreu em 1690 e foi canonizada pelo Papa Bento XV em 1920.

Santa Margarida Maria Alacoque, rogai por nós!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − dezessete =

Latest News

Missionários Saletinos no Brasil realizam 27º Capítulo Provincial

Durante o encontro, os religiosos saletinos escolherão o novo Conselho Provincial para o triênio de 2021 a 2023. Paraná –...

Violência anticatólica no Chile: Bispos Argentinos da Patagônia se unem em oração

Unimos a Vós, queremos estar perto de Vós em profunda comunhão de oração, nestes momentos de tristeza e angústia. São Carlos de Bariloche – Argentina...

Polônia comemorou 36º aniversário do martírio do beato Jerzy Popiełuszko

Em 19 de outubro de 1984, poucas horas após celebrar sua última missa, o Padre Popiełuszko foi sequestrado e torturado até a morte, por...

Como podemos buscar viver um vida de santidade?

O propósito dessa pequena série de textos é ajudá-lo a identificar se você tem vivido uma vida mundana e, em caso positivo, mostrar que...

Dom Paulo Cezar Costa é nomeado o novo Arcebispo de Brasília

Anunciada a nomeação do novo arcebispo da arquidiocese de Brasília (DF), nesta quarta-feira, 21 de outubro. O Papa Francisco escolheu dom Paulo Cezar Costa,...

More Articles Like This