13.3 C
São Paulo
quinta-feira, agosto 11, 2022

São Leão IX: batalhou contra a corrupção do clero

No século XI, houve um Papa que durante todo o seu pontificado combateu ferrenhamente as desordens morais do clero: São Leão IX.

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

Redação (06/08/2022 11:43, Gaudium Press) Nascido num castelo da Alsácia – Nordeste da França – de uma família de alta nobreza, seu pai era primo do Imperador Conrado, o Sálico. Chamava-se Bruno e foi educado na escola episcopal de Toul, na Lorena – região fronteiriça da Alsácia. Tornou-se sacerdote e ficou responsável pela capela do Palácio Imperial.

Com o falecimento do Bispo de Toul, Bruno foi eleito como seu sucessor, em 1027, tendo apenas 25 anos de idade.

Simplicidade da pomba e prudência da serpente

Era mais alto que o comum dos homens e seu porte lembrava a elegância e a majestade de Carlos Magno. “Sua fisionomia imponente e afável tinha um brilho notável. Seu caminhar, seus gestos, o tom de sua voz, tudo nele era charmoso. À simplicidade da pomba ele sabia aliar, segundo a palavra evangélica, a prudência da serpente. Os políticos do século ficavam encantados pela sua sabedoria, os teólogos pela sua ciência, todas as pessoas pela sua admirável pureza.”

Tendo o Papa Dâmaso II falecido, Bruno foi escolhido para sucedê-lo, mas rejeitou peremptoriamente. Então o clero, o imperador e todo o povo lhe imploraram que aceitasse. Ele pediu três dias para responder e durante esse tempo praticou um jejum rigoroso: nada comeu nem bebeu. Por fim, derramando lágrimas, fez uma confissão pública diante dos dignitários eclesiásticos, procurando dessa forma “provar” que era indigno; porém suas faltas nem eram pecados veniais…

Encontro de três grandes santos

Bruno resolveu ir a pé até Roma, usando traje de peregrino. Santo Hugo de Cluny, levando consigo o arquidiácono romano Hildebrando – futuro Papa São Gregório VII –, foi saudá-lo em Besançon, situada no Leste da França, nas proximidades da Suíça. Que belíssima cena: o encontro de três grandes santos!

Continuando sua caminhada, acompanhado por Hildebrando, Bruno chegou a Roma onde foi acolhido triunfalmente por toda a o população e assumiu o papado com o nome Leão IX.

Um bispo declarou que esse nome “devia personificar o leão da tribo de Judá pelas suas vitórias contra a simonia, o cisma, a impiedade. Aos rugidos deste leão o universo inteiro tremeu, os sacrílegos se aterrorizaram, os inimigos da Igreja caíram, seus batalhões foram aniquilados.”

Terminadas as solenidades, São Leão IX nomeou Hildebrando administrador da Igreja romana, pois o tesouro de São Pedro havia sido pilhado…

Concílios para combater os vícios existentes no clero

A situação moral do clero era gravíssima; sobretudo a simonia e os pecados contra a castidade carcomiam as almas. São Pedro Damião, abade de um mosteiro da Itália, escreveu uma obra intitulada Livro de Gomorra e a remeteu ao Papa, que lhe agradeceu mediante uma carta na qual dizia:

“Vossa palavra, conservando a reserva de um pudor santo, golpeia como a lâmina da espada vingadora. Sinto uma alegria inenarrável ao pensar que vós não somente profligais o vício pelos vossos discursos, mas ensinais a santidade por vossos exemplos.

“Não duvideis da vitória; o Filho da Virgem Maria acrescentará à vossa coroa, como florões gloriosos, a multidão das almas arrancadas por vós das armadilhas de satanás.”

São Leão visitou importantes dioceses do Ocidente, promovendo concílios a fim de combater os vícios que carcomiam muitos integrantes do clero.

Em Pavia – Norte da Itália – condenou a simonia e a impureza. Em seguida, dirigiu-se ao Mosteiro de Cluny onde foi recebido pelo Abade Santo Hugo e confirmou por escrito que a Ordem de Cluny só dependia da Santa Sé, e não de bispos ou qualquer detentor do poder temporal.

No concílio realizado em Reims – Nordeste da França –, Santo Hugo interveio com intrepidez e o Papa puniu diversos prelados. Por exemplo, o Bispo de Langres foi excomungado devido a seus pecados infames. Depois ele recebeu a graça de verdadeiro arrependimento e se dirigiu à Roma, onde caminhou pelas ruas descalço, tendo nas mãos uma vara e pedindo aos transeuntes que o açoitassem. Ajoelhou-se diante de São Leão e rogou-lhe perdão, no que foi atendido.

Bela, nobre e rutilante Idade Média

Sendo o clero a primeira classe da sociedade medieval, seguida pela nobreza e pelo povo, a corrupção dos elementos eclesiásticos apodrece todo o corpo social; e sua purificação o vivifica.

Assim, pode-se afirmar que as lutas heroicas de São Leão IX foram fatores decisivos para que a Idade Média atingisse todo seu esplendor no século XIII.

Afirma Dr. Plinio Corrêa de Oliveira:

“A Idade Média, tão bela, nobre, rutilante, Deus a amou com todo o amor, era a obra-prima d’Ele. Nem a Cristandade do tempo dos mártires tinha sido tão pulcra quanto a Idade Média em seu apogeu.”

Pressentindo a chegada da morte, São Leão IX se dirigiu à Basílica de São Pedro e rogou que fosse celebrada uma Missa. Após a Comunhão, tendo a seu lado Hildebrando, ele entregou sua bela alma a Deus. Era o dia 19 de abril de 1054. Os sinos das torres soaram com toda intensidade sem que ninguém os tocasse.

“Entre aqueles que o assistiam na hora de sua morte estava Hildebrando, que era a uma vez seu inspirador e secretário, e mais tarde viria a ser seu sucessor com o nome de São Gregório VII. Imagine ter como secretário um santo, o qual, a meu ver, foi ‘o Papa’, não comparando a santidade, mas sim a missão, e o papel na História da Igreja.

“Que sublimidade, maravilha e grandeza devia ter aquela cena na qual um santo contempla outro expirar, onde São Gregório VII, ainda moço, permanece ao lado de São Leão IX, rezando até a hora em que a alma dele se desprende do corpo e sobe ao Céu!”

Quando da edificação da nova Basílica de São Pedro, no século XVI, seu corpo foi encontrado incorrupto. Que São Leão IX nos ajude a lutar contra os inimigos velados ou declarados da Igreja, certos de que em breve serão esmagados pela Virgem Maria.

Por Paulo Francisco Martos

Noções de História da Igreja

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

The post São Leão IX: batalhou contra a corrupção do clero appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias