São Leão Magno, um dos maiores Papas da história

Must Read

1º Domingo do Advento

(roxo, creio, prefácio do Advento I – 1ª semana do saltério) A vós, meu Deus, elevo a minha alma. Confio...

São Francisco Antônio Fasani, modelo de Sacerdote

São Francisco Antônio Fasani, verdadeiro amigo do seu povo, foi para todos irmão e pai O santo de hoje nasceu...

Um feliz Ano Novo!

Somos convidados a uma séria preparação para o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo; e qual o melhor meio...


São Leão Magno, evangelizou e governou a Igreja numa época brusca do Império Romano.

O santo de hoje mostrou-se digno de receber o título de “Magno”, que significa Grande, isto porque é considerado um dos maiores Papas da história da Igreja, grande no trabalho e na santidade. São Leão Magno nasceu em Toscana (Itália) no ano de 395 e depois de entrar jovem no seminário, serviu a diocese num sacerdócio santo e prestativo.

Ao ser eleito Papa, em 440, teve que evangelizar e governar a Igreja numa época brusca do Império Romano, pois já sofria com as heresias e invasões dos povos bárbaros, com suas violentas invasões. São Leão enfrentou e condenou o veneno de várias mentiras doutrinais, porém, combateu com intenso fervor o monofisismo que defendia, mentirosamente, ter Jesus Cristo uma só natureza e não a Divina e a humana em uma só pessoa como é a verdade. O Concílio de Calcedônia foi o triunfo da doutrina e da autoridade do grande Pontífice. Os 500 Bispos que o Imperador convocara, para resolverem sobra a questão do monofisismo, limitaram-se a ler a carta papal, exclamando ao mesmo tempo: “Roma falou por meio de Leão, a causa está decidida; causa finita est”.

Quanto à dimensão social, Leão foi crescendo, já que com a vitória dos desordeiros bárbaros sobre as forças do Império Romano, a última esperança era o eloquente e santo Doutor da Igreja, que conseguiu salvar da destruição, a Itália, Roma e muitas pessoas. Átila ultrapassara os Alpes e entrara na Itália. O Imperador fugia e os generais romanos escondiam-se. O Papa era a única força capaz de impedir a ruína universal. São Leão sai ao encontro do conquistador bárbaro, acampado às portas de Mântua. É certo que o bárbaro abrandou-se ao ver diante de si, em atitude de suplicante, o Pontífice dos cristãos e retrocedeu com todo o seu exército.

Dentre tantas riquezas em obras e escritos, São Leão Magno deixou-nos este grito: “Toma consciência, ó cristão da tua dignidade, já que participas da natureza Divina”.

Entrou no Céu no ano de 461.

São Leão Magno, rogai por nós!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − 4 =

Latest News

1º Domingo do Advento

(roxo, creio, prefácio do Advento I – 1ª semana do saltério) A vós, meu Deus, elevo a minha alma. Confio...

São Francisco Antônio Fasani, modelo de Sacerdote

São Francisco Antônio Fasani, verdadeiro amigo do seu povo, foi para todos irmão e pai O santo de hoje nasceu em Lucera (Itália), a 6...

Um feliz Ano Novo!

Somos convidados a uma séria preparação para o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo; e qual o melhor meio de fazê-lo, senão pelo exemplo...

Por que o Advento?

Advento! O Natal se aproxima: É o maior acontecimento da História: o Verbo se fez carne e habitou entre nós Esperemos Jesus que vem...

Colégio de Cardeais tem 900 anos: veja sua história, números e curiosidades

O Consistório de hoje é o sétimo convocado por Francisco, eleva o número de presenças no Colégio Cardinalício para 229, 101 não-eleitores. Redação (28/11/2020, 11:50,...

More Articles Like This

mersin escort - casinomeritroyal.com - Goldenbahis -
Dumanbet