29.7 C
São Paulo
segunda-feira, janeiro 25, 2021

Senado argentino aprova aborto: matança de inocentes não é mais crime


Legisladores não ouviram a voz do povo argentino que é contrário à matança de inocentes, não seguiram os conselhos da Igreja, esqueceram-se da Lei de Deus.

Legisladores não ouviram a voz do povo argentino que é contrário à matança de inocentes, não seguiram os conselhos da Igreja, esqueceram-se da Lei de Deus.

Buenos Aires – Argentina (30-12-2020, 10:15, Gaudium Press) Na madrugada desta quarta-feira, 30 de dezembro, o Senado Argentino aprovou a lei sobre a interrupção voluntária da gravidez. Com isto, na Argentina, o aborto passa a ser legal e a matança de inocentes e indefesos nascituros não é mais um crime.

A medida havia sido previamente aprovada pela Câmara dos Deputados e foi agora aprovada no Senado após doze horas de debate quando 38 senadores votaram pelo aborto e 29 votaram pela vida.

Legisladores não ouviram a voz e o desejo do povo argentino que contrário à matança de inocentes

Os legisladores não ouviram a voz do povo argentino que é maciçamente contrário a uma nova matança de inocentes. Não ouviram também a voz dos bispos que em várias ocasiões, por longos meses, reiteraram a importância de proteger a vida desde a concepção até o seu fim natural.

Não se importaram ainda com a voz dos fiéis que realizaram mobilizações e momentos de oração e jejum pela vida, com a grande adesão ao “Dia de jejum e oração” promovido pela Conferência Episcopal Argentina para o dia 28 de dezembro, memória litúrgica dos Santos Inocentes mártires.

Nas homilias das Missas daquele dia, vários prelados reafirmaram a sacralidade da vida e a necessidade de protegê-la, instando os legisladores a suspender o projeto de lei em debate que contraria a Lei de Deus.

Por um #Natal sem aborto: façamos história de novo

Enquanto se aguardava o resultado da votação, foi realizada uma manifestação em frente ao Senado, com a presença de milhares de fiéis católicos, organizações religiosas e membros de movimentos que trabalham pela proteção da vida.

Os defensores da vida reuniram-se em torno do lema “Por um #Natal sem aborto: façamos história de novo”. (JSG)

The post Senado argentino aprova aborto: matança de inocentes não é mais crime appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezessete − doze =

- Advertisement -

Ultimas Notícias

mersin escort - casinomeritroyal.com - Goldenbahis -
Dumanbet