“Ninguém está condenado a não ser santo pelo seu temperamento. Mas ninguém também vai conseguir ser santo se não respeitar a verdade de que nós não somos iguais”.

Por isso, não importa se você é fleumático como Santo Tomás, sanguíneo como Santa Teresa, melancólico como Santa Teresinha ou colérico como Santo Inácio… Todos são chamados a trilhar o mesmo caminho de perfeição.

Saiba mais aqui: http://bit.ly/OsTemperamentos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here