“A fragilidade pode nos aperfeiçoar e santificar”, diz Papa a sacerdotes idosos

Must Read

Missionários Saletinos no Brasil realizam 27º Capítulo Provincial

Durante o encontro, os religiosos saletinos escolherão o novo Conselho Provincial para o triênio de 2021 a 2023. Paraná –...

Violência anticatólica no Chile: Bispos Argentinos da Patagônia se unem em oração

Unimos a Vós, queremos estar perto de Vós em profunda comunhão de oração, nestes momentos de tristeza e angústia. São...

Polônia comemorou 36º aniversário do martírio do beato Jerzy Popiełuszko

Em 19 de outubro de 1984, poucas horas após celebrar sua última missa, o Padre Popiełuszko foi sequestrado e...


A pandemia trouxe uma experiência de purificação e, também aos sacerdotes, a descoberta da fragilidade pode elevar a Deus, nos aperfeiçoar e, sem medo, santificar.

A pandemia trouxe uma experiência de purificação e, também aos sacerdotes,  a descoberta da fragilidade pode elevar a Deus, nos aperfeiçoar e, sem medo, santificar.
Cidade do Vaticano (17/09/2020, 10:30, Gaudium Press) O Papa Francisco enviou uma mensagem especial aos clérigos participantes da “Jornada dos Sacerdotes Idosos e Doentes da região da Lombardia” que está sendo realizada no Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio, localizado nas proximidades de Bergamo.

O Papa quis iniciar sua mensagem enviando seu reconhecimento e agradecimento aos organizadores do evento, à Conferência Episcopal da Lombardia, destacando que “é bela esta atenção dos pastores para a parte fisicamente mais frágil de seu presbiterado. Na realidade, vocês são sacerdotes que, na oração, na escuta, na oferta de sofrimento, realizam um ministério que não é secundário em suas Igrejas”.

Francisco quis agradecer também os que desenvolveram e realizam a parte logística do encontro, a UNITALSI, destacando que com “seus voluntários expressa a gratidão de todo o povo de Deus a seus ministros”.

A pandemia trouxe uma experiência de purificação e, também aos sacerdotes,  a descoberta da fragilidade pode elevar a Deus, nos aperfeiçoar e, sem medo, santificar.

Obrigado! Vocês são a memória viva para construir o amanhã da Igreja, diz Papa aos sacerdotes idosos

“É sobretudo a vocês, queridos irmãos que vivem o tempo da velhice ou a hora amarga da doença, que eu sinto a necessidade de dizer obrigado. Obrigado por seu testemunho de amor fiel a Deus e à Igreja. Obrigado pela proclamação silenciosa do evangelho da vida. Obrigado porque vocês são a memória viva a ser aproveitada para construir o amanhã da Igreja”, disse o Francisco ao dirigir-se diretamente aos participantes “Jornada” que se desenvolve no Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio.

Papa: com a pandemia veio a lição de como curar o vírus da autossuficiência

Ainda em sua mensagem aos sacerdotes idosos e doentes da Lombardia, o Papa Francisco recordou as restrições que todos viveram e que foram causadas pela pandemia atual do coronavirus e apontou a lição que podemos aprender com a situação pela qual passamos:
“Sentimos a falta de nossos entes mais queridos e amigos; o medo do contágio nos fez lembrar de nossa precariedade. Sabemos – continua o Papa – o que alguns de vocês, assim como muitos outros idosos, experimentam diariamente. Espero tanto que este período nos ajude a compreender que, muito mais do que ocupar espaço, é necessário não perder o tempo que nos é dado; que nos ajude a desfrutar da beleza do encontro com o outro, para curar o vírus da autossuficiência. Não esqueçamos esta lição!

Papa: a pandemia pode ser uma experiência de purificação que eleva a Deus, aperfeiçoa e santifica

O Pontífice concluiu sua mensagem aos sacerdotes idosos recordando o Momento de Oração do dia 27 de março passado na Praça São Pedro:
“Durante o período mais difícil, cheio ‘de um silêncio ensurdecedor e um vazio desolador’ muitos, quase espontaneamente, levantaram os olhos para o Céu. Com a graça de Deus, pode ser uma experiência de purificação. Também para nossa vida sacerdotal, a fragilidade pode ser ‘como o fogo do fundidor e como a lixívia dos lavadeiros’ (Mal 3,2) que, elevando-nos a Deus, nos aperfeiçoa e nos santifica. Não temos medo de sofrer: o Senhor carrega a Cruz conosco!”

Ao concluir sua mensagem o Pontífice recordou os sacerdotes falecidos por causa da pandemia e confiou todos eles à Virgem Maria:
“A ela, Mãe dos sacerdotes, recordo na oração os muitos sacerdotes que morreram por causa deste vírus e os que estão enfrentando o caminho da reabilitação”.

(Da Redação Gaudium Press, com informações e fotos Vatican News)

The post “A fragilidade pode nos aperfeiçoar e santificar”, diz Papa a sacerdotes idosos appeared first on Gaudium Press.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro × 5 =

Latest News

Missionários Saletinos no Brasil realizam 27º Capítulo Provincial

Durante o encontro, os religiosos saletinos escolherão o novo Conselho Provincial para o triênio de 2021 a 2023. Paraná –...

Violência anticatólica no Chile: Bispos Argentinos da Patagônia se unem em oração

Unimos a Vós, queremos estar perto de Vós em profunda comunhão de oração, nestes momentos de tristeza e angústia. São Carlos de Bariloche – Argentina...

Polônia comemorou 36º aniversário do martírio do beato Jerzy Popiełuszko

Em 19 de outubro de 1984, poucas horas após celebrar sua última missa, o Padre Popiełuszko foi sequestrado e torturado até a morte, por...

Como podemos buscar viver um vida de santidade?

O propósito dessa pequena série de textos é ajudá-lo a identificar se você tem vivido uma vida mundana e, em caso positivo, mostrar que...

Dom Paulo Cezar Costa é nomeado o novo Arcebispo de Brasília

Anunciada a nomeação do novo arcebispo da arquidiocese de Brasília (DF), nesta quarta-feira, 21 de outubro. O Papa Francisco escolheu dom Paulo Cezar Costa,...

More Articles Like This