São Roberto Belarmino

Must Read

URGENTE: Ataque Terrorista Islâmico a faca deixa ao menos três mortos e vários feridos em igreja na França

Um agressor com uma faca matou ao menos três pessoas e deixou vários feridos por volta das 9h (horário...

Papa celebrará missa pelos fiéis defuntos em cemitério Teutônico

A celebração será realizada de forma totalmente privada, ou seja, sem a participação dos fiéis. Em seguida, o Pontífice...

Vírus Católico, República Universal e Autoridade Verdadeira

Os santos dão o exemplo de como atravessar os períodos conturbados da História, especialmente quando tudo parece ir à...


Celebramos o grande santo jesuíta, Belarmino, que nasceu em Montepulciano, no centro da Itália, em 1542. Querido pelos pais e de muitas qualidades, era irmão de cinco religiosos, dentre os doze, que enriqueciam a família dos dedicados pais.

Quando os padres da Companhia de Jesus abriram um colégio em Montepulciano, Roberto foi um dos primeiros alunos na matrícula e no desempenho. O contato com os padres fez com que o jovem mudasse sua primeira ideia de ser médico, para inclinar-se em favor da vida religiosa jesuíta.

Depois de conseguir a permissão do pai, que ao contrário da mãe, apresentava uma certa resistência frente a opção do amável filho, Belarmino com 18 anos, iniciou e concluiu de maneira brilhante sua formação religiosa e seus estudos de filosofia e teologia, tanto que antes de ser ordenado sacerdote foi enviado como professor e pregador em Lovaina, na Bélgica, onde ficou dez anos.

Teve importante papel na aplicação do Concílio de Trento, já que ajudou na formação apologética dos teólogos e pregadores responsáveis na defesa da fé. Neste sentido Roberto, muito contribuiu ao escrever sua obra de nome “Controvérsia” e o livro chamado “Catecismo”. Em sua obra “Controvérsias”, Belarmino explana os seus três grandes amores. Trata da Palavra de Deus, de Cristo cabeça da Igreja e do Sumo Pontífice.

Era também diretor espiritual do Colégio Romano, tendo sob sua responsabilidade a formação ascética dos alunos que muito o respeitavam e admiravam. O Papa Clemente VIII o elevou a cardeal com esta motivação:

“Nós o escolhemos porque não há na Igreja de Deus outro que possa equiparar-se ele em ciência e sabedoria”.

Quando ficou muito doente em setembro de 1621, os confrades foram testemunhas do último diálogo dele com Deus: “Ó meu Deus, dai à minha alma, asas de pomba, para que possa voar para junto de vós”. Morreu no dia 17 do mesmo mês, e pelos seus escritos recebeu o título de Doutor da Igreja.

São Roberto Belarmino, rogai por nós!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezoito + 15 =

Latest News

URGENTE: Ataque Terrorista Islâmico a faca deixa ao menos três mortos e vários feridos em igreja na França

Um agressor com uma faca matou ao menos três pessoas e deixou vários feridos por volta das 9h (horário...

Papa celebrará missa pelos fiéis defuntos em cemitério Teutônico

A celebração será realizada de forma totalmente privada, ou seja, sem a participação dos fiéis. Em seguida, o Pontífice fará algumas orações no cemitério. Cidade...

Vírus Católico, República Universal e Autoridade Verdadeira

Os santos dão o exemplo de como atravessar os períodos conturbados da História, especialmente quando tudo parece ir à deriva. Redação (29/10/2020 08:38, Gaudium Press)...

Papa Francisco em 2 de novembro no Campo Santo Teutônico

As medidas de segurança ditadas pela pandemia marcam também as próximas celebrações presididas pelo Papa Francisco. Na segunda-feira 2 de novembro, dia em que...

30ª Semana do Tempo Comum – Quinta-feira

Primeira Leitura: Efésios 6,10-20 Leitura da carta de São Paulo aos Efésios – Para terminar, irmãos, confortai-vos no Senhor e, no domínio de sua força, revesti-vos...

More Articles Like This

Clique aqui para receber todas as noticias!
Dismiss
Allow