A esperança cristã não oferece, depois desta vida, um paraíso de delícias, onde o homem finalmente poderá saciar-se de todos os prazeres a que teve de renunciar neste mundo. Pelo contrário, o que a fé nos indica, o que a esperança nos promete e o que a caridade nos faz desejar é muito maior do que qualquer satisfação, do que qualquer divertimento, do que qualquer bem que o nosso coração possa conceber, porque “a vida eterna é esta: que eles te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e àquele que tu enviaste, Jesus Cristo”. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta terça-feira, 4 de junho, e entenda por que para os cristãos a bem-aventurança do céu consiste em contemplar direta e imediatamente a Deus em sua própria essência, tal como Ele é em si mesmo, sem o intermédio de criatura alguma.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here