4.6 C
São Paulo
sexta-feira, julho 30, 2021

Aos pés da Virgem de Luján, Episcopado argentino pede pela vida dos nascituros

Virgem Santíssima, Mãe do Povo Argentino, Vos pedimos por todos  convidados ao banquete da vida para que cada um tenha seu lugar nesta grande mesa…

Virgem Santíssima, Mãe do Povo Argentino, Vos pedimos por todos convidados ao banquete da vida para que cada um tenha seu lugar nesta grande mesa...

Redação (28/12/2020, 16:53, Gaudium Press) O bispo de San Isidro e presidente da Conferência Episcopal Argentina, dom Oscar Vicente Ojea, presidiu uma Missa no último sábado na Basílica e Santuário de Nossa Senhora de Luján para colocar aos pés da Virgem uma intenção especial: o cuidado e respeito pela vida nascente.

A Missa teve como lema “A vós confiamos a causa da Vida” e deu início a um tríduo pastoral convocado pelo Episcopado às vésperas de o Senado discutir o projeto de lei “Interrupção Voluntária da Gravidez”, que já passou pela Assembleia de Deputados.

A Eucaristia foi concelebrada por aqueles que integram também a Comissão Executiva da Conferência Episcopal: o Cardeal Mario A. Poli, Arcebispo de Buenos Aires e Primaz da Argentina, e Dom Carlos H. Malfa, Bispo de Chascomús. Também concelebraram o arcebispo de Mercedes-Luján, dom Jorge Eduardo Scheinig, e o bispo auxiliar de Buenos Aires, dom Enrique Eguía Seguí, em comunhão com os bispos das diversas dioceses da Argentina.

Maria optou pela vida de uma criança ameaçada na manjedoura e defendeu-a

 “Levamos ao Coração da Virgem este ano que está terminando, em que a humanidade atravessa uma crise de saúde que nos deixa expostos em todas as nossas fragilidades” disse dom Ojea, no início da homilia.

“Maria, nossa mãe, escolheu a vida ameaçada de uma criança na manjedoura, defendeu-a de Herodes e seus soldados com coragem, acompanhou-a por toda a vida pública de Jesus e acompanhou-a até a cruz, o momento mais difícil e terrível.

Este ano o povo argentino cuidou da vida, protegeu, alimentou, curou, chorou por ela, defendeu-a da pandemia, da fome, da falta de trabalho e da miséria. Por isso estamos convencidos de que com Maria de Luján o povo continuará sempre a escolher toda a vida e todas as vidas ”.

Vos pedimos, Virgem Santíssima que os convidados ao banquete da vida tenham seu lugar nessa grande mesa

No final de sua homilia, Dom Ojea fez uma oração que foi um apelo a Nossa Senhora de Lujan:

“Virgem Santíssima, Mãe do Povo Argentino, Vós que sois capaz de transformar uma gruta de animais na casa de Jesus com umas poucas coisas e uma montanha de ternura, Vos pedimos que pareis e olheis para os legisladores que terão que decidir sobre uma questão de tal delicadeza; que provoqueis uma reflexão serena nas suas mentes e nos corações deles, a tal ponto que não neguem as suas convicções mais profundas.
Vos pedimos para que todos os convidados ao banquete da vida sejam recebidos por um povo que sabe criar as condições de justiça necessárias para que cada um tenha seu lugar nesta grande mesa, sem excluir ninguém nem privilegiar alguns. ”  (JSG)

(Informações e foto AICA)

The post Aos pés da Virgem de Luján, Episcopado argentino pede pela vida dos nascituros appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Ultimas Notícias