12.5 C
São Paulo
quarta-feira, setembro 22, 2021

Argentina: restrição a atos religiosos gera protesto de Bispos de Santa Fé

Bispos afirmam que, impondo condições que dificultam ainda mais a participação nas atividades religiosas, as autoridades parecem ignorar o sacrifício já imposto aos fiéis.

Bispos afirmam que, impondo condições que dificultam ainda mais a participação nas atividades religiosas, as autoridades parecem ignorar o sacrifício já imposto aos fiéis.

Redação (12/05/2021, 17:06, Gaudium Press) Conforme informa a Agência AICA, os Bispos argentinos da Província de Santa Fé lançaram um comunicado no qual expressam sua “perplexidade e convicta insatisfação” com as novas medidas restritivas ordenadas pelo governo da Província a propósito da pandemia de coronavírus e que incluem a proibição de toda atividade religiosa em locais fechados.
Depois de considerar que as medidas adotadas para cuidar da saúde da população devem respeitar “os direitos e garantias” consagrados na Constituição Nacional, os Bispos apelaram ao diálogo e uma ação conjunta para “estudar e encontrar as melhores alternativas que ajudem a salvaguardar a vida humana na sua totalidade ”.

Adicionar restrições à participação dos fiéis nas celebrações religiosas não é a solução

Os Bispos destacam também o esforço realizado até o momento e o cumprimento das medidas e protocolos estabelecidos para as celebrações religiosas.
Segundo o comunicado dos Bispos, “Estas novas restrições parecem ignorar este valioso esforço do nosso povo, impondo condições que dificultam ainda mais a participação dos fiéis em todas as atividades religiosas.
Adicionar restrições não é a solução que nosso pessoal espera e precisa para crescer em responsabilidade pessoal e social, afirmam os Prelados.

Os Bispos de Santa Fé reiteram a sua plena gratidão pelo serviço de todos os agentes de saúde

Ainda a propósito do comunicado, os Bispos de Santa Fé reiteram a sua plena gratidão “pela grande vocação ao serviço de todos os agentes de saúde, educadores e agentes de segurança, que realizam um formidável esforço na luta contra esta pandemia”.
Os Bispos renovam também seu compromisso de “cuidar e salvaguardar a saúde de cada uma das pessoas, especialmente as mais fracas e vulneráveis ”.

A declaração dos Bispos de Santa Fé foi assinada pelos seguintes prelados Dom Sergio Alfredo Fenoy, Arcebispo de Santa Fé de la Vera Cruz; Dom Eduardo Eliseo Martín, Arcebispo de Rosário; Dom Ángel José Macín, bispo de Reconquista; Dom Luís Alberto Fernández, Bispo de Rafaela; Dom Gustavo Arturo Help, Bispo de Venado Tuerto; e Monsenhor Han Lim Moon, Bispo Coadjutor de Venado Tuerto. (JSG)

The post Argentina: restrição a atos religiosos gera protesto de Bispos de Santa Fé appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias