19.8 C
São Paulo
domingo, abril 18, 2021

Beato Carlo Acutis não está incorrupto, Diz Diocese de Assis

A Diocese de Assis distribuiu uma nota oficial, via e-mail, onde informa que o corpo de Carlo Acutis, na verdade, não foi encontrado incorrupto.

A Diocese de Assis distribuiu uma nota oficial, via e-mail, onde informa que o corpo de Carlo Acutis, na verdade, não foi encontrado incorrupto.
Assis – Itália (09/10/2020, 13:40, Gaudium Press) Assim que a Diocese de Assis, na Itália, divulgou fotos do corpo do jovem Carlo Acutis, elas se espalharam rapidamente pelas redes sociais e causaram uma verdadeira admiração entre os católicos, por todo o mundo.
Carlo Acutis estaria miraculosamente incorrupto?

As imagens divulgadas pela Diocese mostravam um rosto perfeitamente conservado, semelhante em tudo ao de Acutis enquanto vivia e dando a impressão de que ele ali estava dormindo serenamente.
Ao verem aquele rosto tão perfeito, muitos começaram a divulgar com a rapidez das redes sociais que Carlo Acutis estaria miraculosamente incorrupto. Mas isso não procede.

Diocese de Assis: o corpo de Acutis não foi encontrado incorrupto

A Diocese de Assis distribuiu uma nota oficial, via e-mail, onde informa que o corpo de Carlo Acutis, na verdade, não foi encontrado incorrupto.

A nota oficial recorda que algumas notícias improcedentes circulam pela mídia e que o Bispo de Assis, Domenico Sorrentino, comunica que não é verdade que o corpo do próximo beato tenha sido encontrado não corrompido:
“Quando foi exumado no cemitério de Assis, fato acontecido em 23 de janeiro de 2019 com vistas à sua transferência para o Santuário, ele encontrava-se no estado normal de transformação, típico da condição cadavérica”.

“Era um corpo que passou, nos anos de sepultamento em Assis, pelo processo normal de decadência, que é o legado da condição humana depois que o pecado o afastou de Deus, fonte da vida. Mas este corpo mortal está destinado à ressurreição”, diz o Bispo de Assis Dom Domenico Sorrentino.

“No entanto, continua o Prelado, como os anos de sepultamento não foram muitos, o corpo, embora transformado, continua com as várias partes ainda na sua constituição anatômica”.

A Diocese de Assis distribuiu uma nota oficial, via e-mail, onde informa que o corpo de Carlo Acutis, na verdade, não foi encontrado incorrupto.

Numa operação feita com arte e amor, a reconstrução do rosto foi particularmente bem-sucedida

O corpo foi tratado com aquelas técnicas de conservação e integração habitualmente praticadas para expor com dignidade os corpos dos fiéis à veneração dos beatos e santos”, informou o Bispo.

A nota distribuída pela Diocese de Assis explica que “Numa operação feita com arte e amor, a reconstrução do rosto com máscara de silicone foi particularmente bem-sucedida: Com um tratamento específico foi possível recuperar a preciosa relíquia do coração que será aproveitada no dia da beatificação”.

Em outras palavras, as declarações do Bispo de Assis, Dom Domenico Sorrentino, querem dizer que aquela imagem do rosto em estado perfeito não corresponde ao estado em que o corpo foi encontrado após a exumação: trata-se de uma máscara de silicone.

A Diocese de Assis distribuiu uma nota oficial, via e-mail, onde informa que o corpo de Carlo Acutis, na verdade, não foi encontrado incorrupto.

“O que vemos não é o rosto real do jovem, mas uma máscara de silicone bem-feita que desperta admiração e reflexão”

Ainda a propósito da incorruptibilidade ou não do corpo de Carlo Acutis, o postulador da causa de beatificação, Nicola Gori, explicou que o rosto que se observa no túmulo do “ciberapóstolo” da Eucaristia é uma máscara de silicone.

Em uma entrevista à ACI Stampa, Nicola Gori reconheceu que “certamente, deram muita atenção ao corpo de Carlo e ao seu estado de conservação”, e confirmou que “não podemos falar de incorruptibilidade, mas o que vemos é verdadeiramente Carlo nos seus restos mortais que, com a sua presença, liberta esse desejo de olhar para Cristo que foi o verdadeiro amigo da sua vida”.

Gori destacou o interesse que houve “em abrir o túmulo e expor os restos mortais para a veneração dos fiéis”, acrescentando que “a imagem de Carlo que parece dormir em paz fala a todos nós muito mais do que mil palavras”.

Cerimônia de Beatificação será em Assis, no sábado, 10 de outubro

Sobre os preparativos para a beatificação que acontecerá em Assis, no sábado, 10 de outubro, o postulador da causa destaca que “hoje em dia as pessoas fazem fila para rezar em seu túmulo no Santuário do Despojamento”, que descreveu como um “sinal de devoção isso ultrapassa os limites de nossas regiões e se estende a países até distantes de nós”. (JSG)

The post Beato Carlo Acutis não está incorrupto, Diz Diocese de Assis appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

2 + onze =

- Advertisement -

Ultimas Notícias