Bispos franceses recordam que vítimas faleceram simplesmente por estar na Igreja

Must Read

1º Domingo do Advento

(roxo, creio, prefácio do Advento I – 1ª semana do saltério) A vós, meu Deus, elevo a minha alma. Confio...

São Francisco Antônio Fasani, modelo de Sacerdote

São Francisco Antônio Fasani, verdadeiro amigo do seu povo, foi para todos irmão e pai O santo de hoje nasceu...

Um feliz Ano Novo!

Somos convidados a uma séria preparação para o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo; e qual o melhor meio...


cruz-ataque-fran-a

Os Bispos da Conferência Episcopal Francesa enviaram um comunicado condenando o atentado terrorista ocorrido na Basílica de Nossa Senhora de Nice e no qual morreram pelo menos três pessoas.

“Nossos pensamentos e orações estão com as vítimas, com os feridos, suas famílias e entes queridos”, afirmam no comunicado.

“Essas pessoas foram atacadas e assassinadas porque estavam na Basílica”, e por isso, para o terrorista, “representavam um símbolo a ser destruído”.

Os bispos franceses disseram que “estes assassinatos nos lembram o martírio do Pe. Jacques Hamel. Esses atos horríveis afetam todo o país”.

“Esse terrorismo tem como objetivo infundir angústia em toda a sociedade. Por isso é urgente deter esta gangrena, assim como é urgente encontrar a irmandade indispensável que nos manterá de pé diante dessas ameaças”.

No comunicado, enfatizam que “apesar da dor que nos atinge, como católicos nos recusamos a ceder ao medo e, juntamente com toda a nação, queremos enfrentar esta ameaça cega e traiçoeira”.

Além disso, convidaram todas as igrejas da França a tocarem os sinos com toque de defunto, “sempre que possível”, às 15h, e a acompanhar este ato com uma oração pelas vítimas.

A Diocese de Nice descreve o ataque como “abominável ato terrorista”

Por sua vez, a Diocese de Nice (França) emitiu um comunicado no qual o Bispo, Dom André Marceau, descreve este atentado como um “abominável ato terrorista”.

O Prelado disse que o ataque ocorreu tanto dentro como nos arredores da Basílica de Nossa Senhora de Nice, e poucos dias depois do “assassinato selvagem do Professor Samuel Paty”.

O Prelado afirma estar tremendamente chocado com “esta nova tragédia que nossa diocese lamenta”.

“Minha tristeza é infinita como ser humano diante do que outros seres, também chamados de humanos, podem fazer”, assegura no comunicado. “No momento, todas as igrejas em Nice estão fechadas até novo aviso e sob proteção policial”, relatou.

Também assegurou a sua oração pelas vítimas, pelos seus entes queridos e pelas forças de segurança “que estão na linha da frente desta tragédia, bem como pelos sacerdotes e fiéis feridos na sua fé e esperança”.

Ele também pediu que “o espírito de perdão de Cristo prevaleça diante desses atos de barbárie”.

Via ACI Digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

18 − 8 =

Latest News

1º Domingo do Advento

(roxo, creio, prefácio do Advento I – 1ª semana do saltério) A vós, meu Deus, elevo a minha alma. Confio...

São Francisco Antônio Fasani, modelo de Sacerdote

São Francisco Antônio Fasani, verdadeiro amigo do seu povo, foi para todos irmão e pai O santo de hoje nasceu em Lucera (Itália), a 6...

Um feliz Ano Novo!

Somos convidados a uma séria preparação para o Natal de Nosso Senhor Jesus Cristo; e qual o melhor meio de fazê-lo, senão pelo exemplo...

Por que o Advento?

Advento! O Natal se aproxima: É o maior acontecimento da História: o Verbo se fez carne e habitou entre nós Esperemos Jesus que vem...

Colégio de Cardeais tem 900 anos: veja sua história, números e curiosidades

O Consistório de hoje é o sétimo convocado por Francisco, eleva o número de presenças no Colégio Cardinalício para 229, 101 não-eleitores. Redação (28/11/2020, 11:50,...

More Articles Like This

mersin escort - casinomeritroyal.com - Goldenbahis -
Dumanbet