InícioNotícias da IgrejaCardeal Müller: não ao assédio a um bispo quando bispos heréticos e...

Cardeal Müller: não ao assédio a um bispo quando bispos heréticos e imorais fazem o que querem

Published on

Cardeal Müller pronuncia-se sobre a situação do bispo Strickland e pede que ele não renuncie.

Muller 3 768x844 1 700x769 1

Redação (22/09/2023 11:57, Gaudium Press) Foi publicada pela mídia alemã Kath.net uma carta do Cardeal Gerhard Müller, ex-prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, sobre a situação do bispo americano Strickland, que teria sido pressionado pela Santa Sé a renunciar.

“Se eu pudesse aconselhar o bispo Strickland, ele não deveria renunciar em nenhuma circunstância, porque assim eles (aqueles que pedem sua renúncia) poderiam lavar as mãos, alegando inocência”, disse o cardeal.

O cardeal afirma ainda que “um bispo só pode ser destituído pelo Papa, de acordo com os ditames da justiça, se tiver sido culpado de algo grave (heresia, cisma, apostasia, delito ou comportamento totalmente não sacerdotal), por exemplo, dar uma pseudo-bênção a pessoas de mesmo sexo ou em relações extraconjugais ofende a Deus e ilude as pessoas de sua salvação”.

E recorda um exemplo histórico, a título de prevenção:

“A destituição arbitrária de um bispo de uma diocese, onde o bispo é nomeado pelo próprio Cristo como seu pastor, mina a autoridade do papa, como aconteceu historicamente com a distribuição indigna de cargos no papado de Avignon (Esta perda de confiança foi uma das principais razões para a ruptura do cristianismo da Reforma com a Igreja Católica e seu ódio ao Papa, que, por suas ações arbitrárias, se colocou no lugar de Deus)”.

A autoridade papal não é absoluta

“Segundo a doutrina católica, o Papa não é o Senhor absoluto da Igreja, mas apenas representante de Cristo para a Igreja universal, o primeiro servo do seu Senhor, que disse a Simão Pedro, que acabara de ser nomeado rocha da Igreja: ‘ Afasta-te de mim (ital. Indietro, o verdadeiro indietrismo), porque teus sentimentos não são os de Deus, mas os dos homens” (Mt 16,23).

E acrescenta:

“O Papa não tem autoridade de Cristo para perseguir e intimidar os bispos bons à imagem de Cristo, o Bom Pastor, que, de acordo com o ideal episcopal do Vaticano II, santificam, ensinam e guiam o rebanho de Deus em nome de Cristo, só porque falsos amigos denunciam esses bons bispos a Francisco como inimigos do Papa, enquanto bispos heréticos e imorais podem fazer o que lhes apetece, e que todos os dias atormentam a Igreja de Cristo com bobagens”.

The post Cardeal Müller: não ao assédio a um bispo quando bispos heréticos e imorais fazem o que querem appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

Médico argentino condenado por não realizar um aborto retorna à prática

Dr. Leandro Rodríguez agora pode exercer sua profissão de médico. Isso não se deve...

Israel: Basílica de Todas as Nações celebra seu centenário

O apelido de ‘Igreja de Todas as Nações’ surgiu pois ela foi construída com...

Fruta verde não agrada o paladar

O homem maduro é aquele capaz de, com sua inteligência, vontade e sensibilidade, produzir...

Dever de pastor e dever de ovelha

Ninguém escapa à regra. Sendo pastor ou ovelha, qual a nossa obrigação? Redação (21/04/2024 11:57,...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...