“Como Moisés levantou a serpente no deserto” (Homilia Diária.1147: Memória de São Pio V)

0

Assim como Deus curou no deserto os israelitas feridos que olhavam com fé para a serpente de bronze erguida por Moisés sobre uma haste, assim também era necessário que o Filho do Homem fosse erguido no Calvário, a fim de que todos os que o olharem, não com os olhos carnais que não veem mais do que uma cruz ensanguentada, mas com a fé que ali enxerga o supremo ato de amor por nós, sejam curados do veneno do demônio e tenham dentro de si a vida eterna. Assista à homilia do Padre Paulo Ricardo para esta terça-feira, dia 30 de abril, e que Deus acrescente em nós o dom da fé e nos dê um grande e piedoso carinho pelas imagens de Nosso Senhor crucificado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui