Descriminalização das drogas no Brasil: CNBB publica nota

Must Read

Com o auxílio da tecnologia, figura de Cristo é reconstruída em 3D

Os trabalhos para a realização da imagem 3D de Cristo demoraram dois anos e tornaram ainda mais claro que...

“Liberdade religiosa tem sido mais limitada que outras liberdades”, afirmam Juristas Católicos

Portugal: Juristas Católicos consideram que no combate à pandemia de coronavírus a “liberdade religiosa tem sido injustificadamente mais limitada...

Padre Justino, fundador dos Vocacionistas será proclamado santo

Justino Russolillo morreu em 1955, sempre quis viver como um simples pároco, mas, fundou a Congregação dos Vocacionistas e...


CNBB reitera sua posição contrária à descriminalização e destaca a importância de se dar atenção para políticas públicas de prevenção e de apoio aos serviços de recuperação dos usuários.

CNBB reitera sua posição contrária à descriminalização e destaca a importância de se dar atenção para políticas públicas de prevenção e de apoio aos serviços de recuperação dos usuários.

Brasília (31/08/2020, 12:10 – Gaudium Press) Na data em que há cinco anos a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) havia se pronunciado contrária a descriminalização das drogas no Brasil, a entidade episcopal voltou a manifestar-se a esse respeito através de uma nota que foi distribuída para a imprensa.

Assinada por sua Presidência, a Conferência dos Bispos reiterou sua posição já emitida oficialmente em 2015.

CNBB reitera sua posição contrária à descriminalização e destaca a importância de se dar atenção para políticas públicas de prevenção e de apoio aos serviços de recuperação dos usuários.

“Escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e teus descendentes”. (Dt 30,19)

Tendo como fundo de quadro a citação das Sagradas Escrituras: “Escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e teus descendentes”. (Dt 30,19), a CNBB distribuiu uma nota onde afirma que “tendo em vista informação de que estariam ocorrendo atividades destinadas à descriminalização do uso de drogas no Brasil”, a entidade recorda os princípios já divulgados em sua tomada de posição a esse respeito, em agosto de 2015.

Além de reiterar sua posição contrária à descriminalização, na nota da última quarta-feira, a CNBB destaca a importância de se voltar a atenção para políticas públicas de prevenção e de apoio aos serviços de recuperação dos usuários, inclusive os serviços mantidos por entidades religiosas.

CNBB destaca necessidade de maior rigor para com os que fazem o tráfico e venda das drogas

CNBB reitera sua posição contrária à descriminalização e destaca a importância de se dar atenção para políticas públicas de prevenção e de apoio aos serviços de recuperação dos usuários.

Em sua nota oficial os Bispos destacam a necessidade de haver mais rigor para com aqueles que lucram com o tráfico e a venda de drogas. Os dirigentes da entidade episcopal afirmam a necessidade de se buscar a prática da justiça restaurativa.

Além do Presidente da CNBB, Dom Walmor Oliveira de Azevedo, Arcebispo de Belo Horizonte (MG), assinam a nota todos os outros dirigentes da entidade: Dom Jaime Spengler, Arcebispo de Porto Alegre (RS), Primeiro Vice-Presidente da CNBB; Dom Mário Antônio da Silva, Bispo de Roraima (RR), Segundo Vice-Presidente da CNBB, Dom Joel Portella Amado, Bispo auxiliar da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ), Secretário-geral da CNBB.  (JSG)

The post Descriminalização das drogas no Brasil: CNBB publica nota appeared first on Gaudium Press.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezoito − onze =

Latest News

Com o auxílio da tecnologia, figura de Cristo é reconstruída em 3D

Os trabalhos para a realização da imagem 3D de Cristo demoraram dois anos e tornaram ainda mais claro que...

“Liberdade religiosa tem sido mais limitada que outras liberdades”, afirmam Juristas Católicos

Portugal: Juristas Católicos consideram que no combate à pandemia de coronavírus a “liberdade religiosa tem sido injustificadamente mais limitada do que as outras liberdades”. Lisboa...

Padre Justino, fundador dos Vocacionistas será proclamado santo

Justino Russolillo morreu em 1955, sempre quis viver como um simples pároco, mas, fundou a Congregação dos Vocacionistas e dois institutos femininos.   Cidade do Vaticano...

Vaticano inaugura decoração natalina em 11 de dezembro

O presépio e a árvore de Natal permanecerão na Praça de São Pedro até a festa do Batismo do Senhor, que ocorrerá no dia...

A oração é o elo entre o nosso coração e Deus

Primeiro, é bom nos lembrarmos de que toda oração, quando a fazemos com o coração e com a mente abertos à vontade de Deus,...

More Articles Like This

Clique aqui para receber todas as noticias!
Dismiss
Allow