19.5 C
São Paulo
quarta-feira, maio 5, 2021

Documentos inéditos revelam empenho de Pio XII para salvar Judeus do nazismo

Para os judeus ficava claro que Pio XII estava do lado deles, que o Papa e seus colaboradores fariam tudo ao seu alcance para salvá-los.

Para os judeus ficava claro que Pio XII estava do lado deles, que o Papa e seus colaboradores fariam tudo ao seu alcance para salvá-los.

Redação (28/01/2021, 12:20, Gaudium Press) Uma série de documentos, até agora inéditos sobre a atuação da Santa Sé durante a II Guerra Mundial, acaba de ser apresentada ao público pelo investigador e pesquisador histórico Johan Ickx.

Johan Ickx é responsável pelo Arquivo da Secção das Relações com Estados, do Vaticano, e acaba de publicar o livro “Pio XII e os judeus”.

A relação Pio XII–Judeus continua sendo um tema relevante que costuma ser levantado por alguns com pouca objetividade e muita oposição ao Papa que viveu o conturbado período histórico da Segunda Guerra Mundial.

Pio XII e a tentativa de salvar judeus perseguidos pelos nazistas na II Guerra Mundial

O livro “Pio XII e os judeus” é o resultado de pesquisas e análises de textos que só puderam ser acessíveis depois que foram abertos os Arquivos do Vaticano que se referem ao pontificado do Papa Pio XII, transcorrido entre os anos de 1939 a 1958.  

Foi nesses arquivos que Johan Ickx encontrou subsídios para documentar “a tentativa (de Pio XII e da Santa Sé) de salvar milhares de judeus das perseguições nazistas durante a II Guerra Mundial”.

Pio XII e seus colaboradores: ocupados 24 horas por dia na ajuda aos perseguidos pelo nazismo

O autor de “Pio XII e os judeus”, em uma entrevista ao Portal “Vatican News”, afirmou:

“A série de arquivos denominada ‘Judeus’ que se encontra no nosso Arquivo demonstra o cuidado diário com que, 24 horas por dia, o Papa e os onze pessoas do seu “gabinete” estavam ocupadas, juntamente com os núncios e outros colaboradores no exterior, para ir em ajuda aos perseguidos de toda a Europa”.

O último recurso que os Judeus tinham era recorrer a Pio II que estava ao lado deles

Na entrevista, o Arquivista do Vaticano conta que pesquisou cerca de 2800 pedidos de ajuda ou intervenção, durante o Pontificado de Pio XII.

Para Johan Icks, “É realmente surpreendente como homens e mulheres que estavam em perigo, em Milão, mas também em Praga ou Budapeste, consideravam como único verdadeiro e último recurso recorrer a Roma e pedir ajuda ao Papa.

Portanto, para os judeus era evidente e claro que Pio XII estava do seu lado, que ele e sua equipe fariam tudo ao seu alcance para salvá-los”, afirma o autor de Pio XII e os judeus”. (JSG)

 

(Da Redação Gaudium Press com informações Ecclesia, Vatican News – Foto Aleteia)

The post Documentos inéditos revelam empenho de Pio XII para salvar Judeus do nazismo appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 + nove =

- Advertisement -

Ultimas Notícias