InícioNotícias da IgrejaEUA: núncio e presidente do Episcopado têm pontos de vista opostos

EUA: núncio e presidente do Episcopado têm pontos de vista opostos

Published on

Dom Christophe Pierre e Timothy Broglio discursaram no início da Assembleia Episcopal de Outono.

Dom Timothy Paul Andrew Broglio. Foto: Wikipedia

Dom Timothy Paul Andrew Broglio. Foto: Wikipedia

Redação (16/11/2023 10:48, Gaudium Press) O Núncio e o presidente do episcopado dos EUA pensam de forma diferente sobre a Igreja dos EUA.

Núncio Christophe Pierre. Foto: vatican.va

Núncio Christophe Pierre. Foto: vatican.va

Em entrevista à American Magazine há duas semanas, o Núncio Christophe Pierre declarou que os bispos precisam mudar sua abordagem pastoral em relação à evangelização, elogiando a Conferência de Aparecida de 2007 como modelo de sinodalidade e que poderia servir de guia para os bispos americanos. Ele também observou que “na Igreja estamos em uma mudança de era”, que “as pessoas não entendem. E talvez seja por isso que a maioria dos jovens sacerdotes hoje sonha em usar a batina e celebrar a missa da maneira tradicional”.

O Núncio comentou ainda que “quase ninguém” vai à igreja, as religiosas “desapareceram” e “os seminários estão vazios”.

Entretanto, em declarações ao The Pillar Catholic, Dom Timóteo Broglio expressou pontos de vista diferentes e até opostos aos do Núncio:

Certamente, nossas igrejas não estão vazias… ainda. Estamos fazendo tudo o que podemos para garantir que isso permaneça assim. Temos vários seminários que estão realmente cheios, acho que houve um esforço conjunto tanto para o Reavivamento Eucarístico quanto para a necessidade de pregar a Boa-Nova”.

Dom Broglio disse que conversou com Dom Pierre sobre o artigo na America Magazine: “Ele está aberto à opinião dele e eu estou aberto à minha”.

Como de costume, na abertura da Assembleia Episcopal de Outono, que está em andamento, os dois discursaram, e cada um expressou o seu ponto de vista sobre o que significa o termo, por vezes enigmático, “sinodalidade”.

Para o núncio, a sinodalidade é o caminho agora para a Igreja, e frisou que a sinodalidade e o reavivamento eucarístico – no qual a Igreja americana está agora engajada – devem ser vistos como inter-relacionados.

“Precisamos que nossa percepção da Eucaristia seja despertada para seu dinamismo encarnatório, disse Dom Pierre. “A Eucaristia é encontro. É movimento. É o poder que nos ajuda a dar vida nova. Ela nos torna a presença viva de Jesus para os outros”, e deu como exemplo de processo sinodal a história dos discípulos de Emaús: “encontro, acompanhamento, escuta, discernimento e alegria com o que o Espírito Santo revela”.

Por sua vez, Dom Broglio afirmou, em seu discurso, que há “muitas realidades sinodais que já existem na Igreja, nos Estados Unidos”.

“O ambiente de colegiado que caracteriza estas assembleias, a excelente consideração e interação que caracteriza o trabalho do Conselho Consultivo Nacional, o trabalho dos conselhos pastorais diocesanos, dos conselhos presbiteriais, dos conselhos de revisão, do conselho escolar e de tantas outras organizações vêm prontamente à mente”. Ele também destacou os comitês da Conferência Episcopal, dizendo que eles contam com uma forte colaboração entre bispos, funcionários e consultores.

Ele afirmou que “todos nós sabemos que é possível fazer mais e estamos fazendo um esforço nacional com o Reavivamento Eucarístico para chamar nossas filhas e filhos à plenitude da vida em Cristo nos Sacramentos”. Broglio elogiou “nossos sacerdotes comprometidos e entusiasmados com o Evangelho”.

“Eles são nossos primeiros colaboradores e dependemos muito de seus esforços incansáveis. É bom ver a contribuição deles para pregar o Evangelho e alcançar aqueles que ainda precisam conhecer Jesus Cristo. Eles motivam muito o trabalho caritativo da Igreja e a missão de pregar a Boa-Nova”.

“Também somos encorajados pelos jovens que estão se preparando nos seminários”, continuou. “Nem todos estão lotados até a borda como o Mount St. Mary em Emmitsburg, mas continuo impressionado com esses excelentes seminaristas que estão comprometidos em conhecer o Senhor mais profundamente e a ser homens para os outros. Eles são um sinal de esperança para o futuro”.

Ele também ressaltou que podemos “abordar a missão de maneiras diferentes, mas convencidos de que nosso mandato é levar todos a uma experiência com Jesus Cristo, que não deixa ninguém indiferente ou igual”.

Além de ser o Presidente da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos, Dom Broglio é Arcebispo do Ordinariado Militar dos Estados Unidos.

The post EUA: núncio e presidente do Episcopado têm pontos de vista opostos appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

Prelado ortodoxo é apunhalado em igreja na Austrália

Um prelado da Igreja Ortodoxa Assíria foi esfaqueado nesta segunda-feira em Sydney, Austrália, enquanto...

3º Domingo da Páscoa: um convite ao verdadeiro amor

Amor, palavra que precisa ser devidamente compreendida, conforme nos propõe a Liturgia deste 3º...

Santa Ludovina

Na Holanda, Santa Ludovina, cuja memória é celebrada no dia 14 de abril, suportou...

Atentado de Anagni

O Rei Felipe, o Belo, neto de São Luís IX, promoveu contra o Papa...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...