Veja as obras enriquecidas de indulgência neste ano especial e recorde as condições habituais obrigatórias

Indulgência plenária no Ano de São José: como ganhar?

Confira a seguir as obras enriquecidas de indulgência e recorde as condições habituais obrigatórias:

Obras enriquecidas de indulgência

Por ocasião do Ano de São José estabelecido pelo Papa Francisco (de 8 de dezembro de 2020 até 8 de dezembro de 2021), os fiéis têm a possibilidade de obter a indulgência plenária realizando ao menos uma das seguintes obras:

  1. Fazendo meditação durante ao menos 30 minutos sobre a oração do Pai-Nosso ou fazendo um dia de recolhimento espiritual em que haja ao menos uma meditação sobre São José;
  2. Realizando qualquer obra de misericórdia;
  3. Oferecendo o trabalho à proteção de São José;
  4. Rezando a Ladainha de São José, Akathistos (ao menos uma parte) ou qualquer oração litúrgica em favor da Igreja perseguida “ad intra” ou “ad extra”;
  5. Fazendo qualquer oração aprovada pela Igreja a São José, como “A te Beate Joseph”, especialmente nos dias 19 de março, 1º de maio, Festa da Sagrada Família, Domingos de São José, no dia 19 de cada mês e em cada quarta-feira do ano;
  6. No caso dos enfermos e anciãos, rezando a São José pelos doentes e agonizantes e oferecendo os próprios sofrimentos a Deus.

Condições habituais obrigatórias

Além de realizar uma das obras enriquecidas de indulgência, o fiel deve, é claro, cumprir as condições habituais imprescindíveis para se obter qualquer indulgência plenária:

  1. Confessar-se, porque, para receber a indulgência plenária, é necessário estar em graça e desapegado de todo pecado;
  2. Receber a Sagrada Comunhão;
  3. Rezar pelo Santo Padre e pelas suas intenções de oração.

Viva São José!

 

Escrita por Papa Leaõ XIII

AD te beate Ioseph, in tribulatione nostra confugimus, atque, implorato Sponsae tuae sanctissimae auxilio, patrocinium quoque tuum fidenter exposcimus. Per eam, quaesumus quae te cum immaculata Virgine Dei Genetrice coniunxit, caritatem, perque paternum, quo Puerum Iesum amplexus es, amorem, supplices deprecamur, ut ad hereditatem, quam Iesus Christus acquisivit Sanguine suo, benignus respicias, ac necessitatibus nostris tua virtute et ope succurras. TO thee, O blessed Joseph, do we come in our tribulation, and having implored the help of thy most holy Spouse, we confidently invoke thy patronage also. Through that charity which bound thee to the immaculate Virgin Mother of God and through the paternal love with which thou embraced the Child Jesus, we humbly beg thee to graciously regard the inheritance which Jesus Christ has purchased by his Blood, and with thy power and strength to aid us in our necessities.
Tuere, o Custos providentissime divinae Familiae, Iesu Christi subolem electam; prohibe a nobis, amantissime Pater, omnem errorum ac corruptelarum luem; propitius nobis, sospitator noster fortissime, in hoc cum potestate tenebrarum certamine e caelo adesto; et sicut olim Puerum Iesum e summo eripuisti vitae discrimine, ita nunc Ecclesiam sanctam Dei ab hostilibus insidiis atque ab omni adversitate defende: nosque singulos perpetuo tege patrocinio, ut ad tui exemplar et ope tua suffulti, sancte vivere, pie emori, sempiternamque in caelis beatitudinem assequi possimus. Amen.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

11 + onze =