InícioNotícias da IgrejaMensagem de Páscoa do Cardeal Raymundo Damasceno

Mensagem de Páscoa do Cardeal Raymundo Damasceno

Published on

O Arcebispo Emérito de Aparecida presidiu uma Santa Missa Solene na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, que estava repleta de Arautos do Evangelho.

Mensagem de Pascoa do Cardeal Raymundo Damasceno 1

Caieiras – São Paulo (11/04/2024 16:40, Gaudium Press) Na última terça-feira, 9 de abril, o Arcebispo Emérito de Aparecida, Cardeal Raymundo Damasceno Assis, presidiu uma Santa Missa Solene na Basílica de Nossa Senhora do Rosário, localizada em Caieiras (SP). Diante de um templo repleto pelas Sociedades de Vida Apostólica e Associação de Fiéis Arautos do Evangelho, o purpurado transmitiu sua mensagem de Páscoa.

Testemunho e a unidade entre os primeiros cristãos

Abordando os textos da liturgia do dia, Dom Raymundo explicou que eles tratam sobretudo do testemunho e da unidade existente nas comunidades formadas pelos primeiros cristãos, que eram conhecidos como aqueles que “se reúnem”, “se encontram”. “Os primeiros cristãos encontravam-se, reuniam-se, viviam em unidade em razão de algo muito particular: partilhavam a mesma Fé, a mesma Caridade, a mesma Esperança, virtudes teologais infundidas pelo Espírito Santo no Batismo”, destacou.

Em seguida, recordou a admiração dos pagãos diante do novo estilo de vida adotado pelos primeiros cristãos, “a vida nova em Cristo” recebida através do sacramento do Batismo, que os levava a comportar-se, na vida particular e na vida pública, em coerência com a Fé que professavam. “Em nossos dias, nós que somos cristãos temos de ter muito presente em nossas vidas que não podemos permanecer isolados, distanciados uns dos outros, fechados em nós mesmos”, é necessário “construirmos pontes que nos aproximem uns dos outros”, assegurou.

Mensagem de Pascoa do Cardeal Raymundo Damasceno 2

Sínodo sobre a Sinodalidade

O Arcebispo Emérito de Aparecida aproveitou ainda para lembrar de dois importantes acontecimentos eclesiais: a preparação para a última etapa do Sínodo sobre a Sinodalidade, a realizar-se em outubro próximo; e a celebração do Jubileu 2025. Sobre o primeiro evento, o purpurado salientou que “a Igreja busca renovar uma das práticas mais antigas e tradicionais de sua história: uma ação evangelizadora em comunhão e participação. Precisamos muito uns dos outros e só à medida que nos abrirmos à experiência de caminhar juntos é que o Sínodo produzirá os efeitos esperados”.

Em nossos dias, é necessário ter grande capacidade de escuta para cumprir essa missão. “Escutar as pessoas, os acontecimentos e sobretudo a palavra da Igreja e do Magistério, pois é essa palavra que torna presente a Palavra de Deus no mundo. Escutar sempre! Esse é o compromisso do caminho a ser trilhado, não só no Sínodo, mas como consequência do processo de caminhar juntos”, afirmou.

Celebração do Jubileu 2025

Sobre a celebração do Jubileu 2025, que terá como lema: “Peregrinos de Esperança”, o Cardeal explicou que o anúncio oficial está programado para o dia 9 de maio deste ano de 2024, através da publicação de uma Bula Pontifícia e que estamos vivendo o Ano de Oração em preparação ao Ano Jubilar de 2025, aberto pelo Papa Francisco em 21 de janeiro e que leva o lema “Ensina-nos a Orar”. Além disso, uma série de subsídios preparados pelo Dicastério para a Evangelização foram disponibilizados no website do Jubileu 2025 (www.iubilaeum2025.va) e no website da CNBB (www.cnbb.org.br), juntamente com a programação do Jubileu e notícias a respeito do evento.

Por fim, o Cardeal Damasceno revelou que na programação do Jubileu constam diversas peregrinações de grupos distintos, entre elas está uma peregrinação a Roma dos Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica. “Por certo, uma peregrinação dos Arautos do Evangelho a Roma, durante o Jubileu, será um dom da graça para todos aqueles que se dispuserem a trilhar o caminho rumo à Cidade Eterna”, afirmou. Concluindo, esclareceu que esta peregrinação também poderá ser feita de forma individual a partir do íntimo da vida interior, fortalecendo a virtude teologal da esperança, renovando a comunhão com o Papa e o ardor missionário. (EPC)

The post Mensagem de Páscoa do Cardeal Raymundo Damasceno appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

Quarta-feira da 8ª semana do Tempo Comum

(verde – ofício do dia) O Senhor tornou-se meu protetor e me conduziu para um...

Arquidiocese do México é consagrada ao Sagrado Coração de Jesus

A celebração, que ocorreu na Basílica de Guadalupe, na Cidade do México, teve por...

O mundo precisa da África

Por ocasião do 61º Dia da África, o Cardeal Parolin afirmou que África é...

Terça-feira da 8ª semana do Tempo Comum

(verde – ofício do dia) O Senhor tornou-se meu protetor e me conduziu para um...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...