InícioNotícias da IgrejaNovo relatório sobre a intolerância religiosa é publicado pela “Ajuda à Igreja...

Novo relatório sobre a intolerância religiosa é publicado pela “Ajuda à Igreja que Sofre”

Published on

O recente relatório publicado pela Fundação Ajuda à Igreja que Sofre revela que mais de 60% da população mundial vive em países onde a liberdade religiosa não é totalmente assegurada

Perseguicao religiosa Lancado relatorio sobre cristaos presos por causa da Fe

Redação (23/06/2023 11:21, Gaudium Press) O recente relatório publicado pela Fundação Ajuda à Igreja que Sofre revela que mais de 60% da população mundial vive em países onde a liberdade religiosa não é totalmente assegurada.

O estudo, que compreende o período de maio de 2021 até dezembro de 2022, foi recentemente publicado e traz números impressionantes sobre a intolerância religiosa ao redor do mundo.

A pesquisa da Fundação Ajuda à Igreja que Sofre divide os países em quatro categorias diferentes, segundo o grau avaliado de intolerância ou perseguição.

Três categorias de gravidade

A categoria vermelha, que agrupa os países mais extremos em matéria de perseguição religiosa, conta com 28 nações no relatório de 2023, correspondendo a aproximadamente 4,04 bilhões de pessoas (51,06% da população mundial).

A categoria laranja, que agrupa os países onde a discriminação religiosa é comum, tem 33 países que abrigam cerca de 853 milhões de pessoas. Uma categoria “em observação” agrupa os países nos quais existem fatores preocupantes em relação à liberdade fundamental de prática religiosa.

Entre os casos analisados de violação da liberdade religiosa, destacam-se os dois países mais populosos do mundo, China e Índia, onde a religião é severamente controlada e perseguida. Além desses países da Ásia, o novo relatório de 2023 também classificou a Nicarágua e o Sudão na lista da categoria vermelha, devido ao aumento da perseguição e hostilidade por parte das autoridades.

A discriminação contra os católicos no Iraque continua até hoje, mesmo após derrota do autoproclamado Estado Islâmico.

Perseguição, discriminação e intolerância

Enquanto a categoria vermelha enfatiza o autoritarismo dos governantes intolerantes às minorias religiosas, a categoria laranja agrupa principalmente países onde a proteção e a justiça não são garantidas às minorias religiosas. O documento de 2023 inclui três novos países nesta lista: Israel, Haiti e Emirados Árabes Unidos.

A categoria de países “em observação” refere-se às nações onde alguma liberdade relacionada à religião não é totalmente garantida, como por exemplo, a liberdade de mudar de religião e a liberdade de manifestar crenças. Os redatores do relatório alertam que os Direitos Fundamentais se degradam paulatinamente, por isso a necessidade de vigilância ao menor indício de violação.

Na categoria “em observação”, são categorizados os países onde ocorreram ataques isolados contra alvos religiosos, vandalismos, discriminações ou até mesmo assassinatos. Em 2021, foram incluídos na lista oito novos países: Argentina, Guiné-Bissau, Benin, Burundi, Essuatíni, Gana, Indonésia e Madagascar.

cq5dam.thumbnail.cropped.750.422 1

Nova metodologia de apresentação

O relatório de 2023 apresenta uma novidade na metodologia de apresentação. Os estudos anteriores se concentravam em fazer uma análise geográfica da liberdade religiosa. O novo relatório preferiu abordar o tema segundo uma escala progressiva de gravidade, que vai desde manifestações de intolerância religiosa, passando pela discriminação até a perseguição.

A versão integral do relatório em língua inglesa pode ser encontrada no site da Ajuda à Igreja que Sofre. (FM)

The post Novo relatório sobre a intolerância religiosa é publicado pela “Ajuda à Igreja que Sofre” appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

11° Domingo do Tempo Comum

(verde, glória, creio – 3ª semana do saltério) Escutai, Senhor, a voz do meu apelo....

São Ciro e santa Julita, mártires

Santa Julita vivia em Icônio com seu filho Ciro, nascido havia três anos, quando...

Sacerdote mártir do comunismo beatificado na Polônia

Neste sábado, 15 de julho, o Cardeal Marcello Semeraro, prefeito do Dicastério das Causas...

Bem-aventurada Albertina Berkenbrock

No dia 15 de junho, celebra-se a memória da Beata Albertina Berkenbrock,  assassinada aos...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...