InícioNotícias da Igreja“O Deus Trinitário é um Deus familiar”, assegura o Papa na Solenidade...

“O Deus Trinitário é um Deus familiar”, assegura o Papa na Solenidade da Santíssima Trindade

Published on

Durante a Solenidade da Santíssima Trindade, o Santo Padre afirmou que podemos pensar em Deus através da imagem de uma família reunida à mesa.

O Deus Trinitario e um Deus familiar assegura o Papa na Solenidade da Santissima Trindade

Foto: Vatican News.

Cidade do Vaticano (05/06/2023 16:24, Gaudium Press) Durante o Angelus do último domingo, 4 de junho, diante dos fiéis presentes na Praça de São Pedro, o Papa Francisco comentou sobre a Solenidade da Santíssima Trindade. “O Espírito Santo faz conosco como Jesus fez com Nicodemos: nos introduz no mistério do novo nascimento, nos revela o coração do Pai e nos torna partícipes da própria vida de Deus”.

Para entrar no Reino de Deus é preciso renascer

O Papa comentou o Evangelho que trata da conversa que Cristo teve com Nicodemos, um rico fariseu, membro do Sinédrio, que, embora medroso, tinha um bom coração, e a quem Jesus quis revelar o segredo de entrar no Reino dos Céus, renascendo com o Batismo cristão e crendo no Filho de Deus.

“Jesus o escuta e entende que é um homem que está em um processo de busca. Então, primeiro o surpreende, respondendo-lhe que para entrar no Reino de Deus é preciso renascer; e depois lhe revela o cerne do mistério, dizendo-lhe que Deus amou tanto a humanidade que enviou seu Filho ao mundo. Jesus, o Filho, nos fala do Pai e de seu imenso amor”, disse Francisco.

Como podemos recordar de Deus?

“A própria palavra ‘Deus’, com efeito, nos sugere uma realidade singular, majestosa e distante, enquanto ouvir falar de um Pai e de um Filho nos leva de volta para casa”. Para o Santo Padre, podemos pensar em Deus através da imagem de uma família reunida à mesa, onde se compartilha a vida, já que a mesa é ao mesmo tempo um altar, símbolo com o qual alguns ícones representam a Trindade.

Francisco concluiu assegurando que “o nosso Deus é comunhão de amor: assim Jesus nos revelou” e que podemos recordá-lo com o gesto mais simples que aprendemos desde crianças: o sinal da cruz. “Traçando a cruz sobre o nosso corpo nos recordamos quanto Deus nos amou, a ponto de dar a vida por nós; e repetimos a nós mesmos que o seu amor nos envolve completamente, de cima a baixo, da esquerda à direita, como um abraço que jamais nos abandona. E, ao mesmo tempo, nos comprometemos a testemunhar Deus-amor, criando comunhão em seu nome”, concluiu. (EPC)

The post “O Deus Trinitário é um Deus familiar”, assegura o Papa na Solenidade da Santíssima Trindade appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

Arquidiocese de São Paulo promove peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida

Esta é a 123ª edição do evento, que seguirá o lema “Maria, vem conosco...

6 em cada 10 católicos nos EUA são a favor do “direito ao aborto”

O centro de pesquisa Pew Research já havia identificado um grande número de católicos...

Prelado ortodoxo é apunhalado em igreja na Austrália

Um prelado da Igreja Ortodoxa Assíria foi esfaqueado nesta segunda-feira em Sydney, Austrália, enquanto...

3º Domingo da Páscoa: um convite ao verdadeiro amor

Amor, palavra que precisa ser devidamente compreendida, conforme nos propõe a Liturgia deste 3º...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...