O primeiro ícone de Nossa Senhora foi Pintado por São Lucas Evangelista.

Must Read

Ataques contra igrejas no Chile fizeram parte de ritual satânico, assegura exorcista

Segundo o Padre Luis Escobar, são abundantes os sinais satânicos presentes nesses atos, o que destaca a existência de...

Medjugorge: Santa Sé excomunga padre “diretor espiritual” dos videntes

Tomslav Vlasic está proibido de “participar –de qualquer forma– como ministro na celebração da Eucaristia ou qualquer outra cerimônia...

Universitários americanos organizam consagração a Nossa Senhora em todo o país

Basta uma faísca para iniciar um incêndio: universitários da Flórida querem espalhar pelo país a chama da devoção a...


São Lucas foi o primeiro a retratar a Virgem Maria e o Menino Jesus.

Segundo a Tradição, São Lucas era também pintor, iconógrafo,  e teria pintado vários quadros da Santíssima Virgem (ícones), dos quais alguns permanecem até hoje.

Entre esses quadros temos:
Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Nossa senhora de Czenstochowa
Nossa Senhora do Caminho ou Hodegetria

“São Lucas Mostrando sua Pintura da Virgem Maria” – Guercino Pintor barroco italiano (1591-1666)

Muitos autores afirmam que o primeiro Ícone de NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO foi pintado em madeira por São Lucas, no século I, na época em que a VIRGEM MARIA morava em Jerusalém.
Quando Lucas completou o Ícone, é tradição que ele deu de presente ao seu amigo pessoal e patrono Teófilo, e viajou em companhia de São Paulo, no prosseguimento do trabalho de evangelização.

Segundo a tradição, esta imagem seria o retrato de Maria, pintado por São Lucas, na madeira mesma da mesa da Sagrada Família de Nazaré,mesa na qual teria tido lugar a última ceia.
Este quadro foi trazido à Jerusalém depois à Constantinopla.
Mais tarde foi remetido a um príncipe da Rutênia, célebre pelas façanhas contra os infiéis, A Rutênia foi submetida à Polônia, no reinado de Luiz, rei da Polônia e da Hungria.

O mais venerado ícone do tipo Hodegetria, considerado como o original, estava no Mosteiro da Panagia Hodegetria emConstantinopla, que foi construído especialmente para abrigá-lo.

Ao contrário da maior das cópias posteriores, a Virgem aparecia em pé.

Dizia-se que ela teria sido trazida de volta da Terra Santa po Eudóxia, e a imperatriz esposa deTeodósio II (r. 408-450) e que teria sido pintada por São Lucas1 .

O ícone tinha dois lados e trazia uma imagem da crucificação de Jesus no reverso e era, “talvez, o objeto de culto mais proeminente em Bizâncio (Império Bizantino)” .
O ícone original provavelmente se perdeu, embora várias tradições aleguem que ele teria sido levado para a Rússia ou para a Itália. Há um grande número de cópias da imagem, incluindo muitos dos mais venerados ícones russos, que, por si mesmos, adquiriram tradições próprias sendo muito copiados e respeitados.

 

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

quatro − 1 =

Latest News

Ataques contra igrejas no Chile fizeram parte de ritual satânico, assegura exorcista

Segundo o Padre Luis Escobar, são abundantes os sinais satânicos presentes nesses atos, o que destaca a existência de...

Medjugorge: Santa Sé excomunga padre “diretor espiritual” dos videntes

Tomslav Vlasic está proibido de “participar –de qualquer forma– como ministro na celebração da Eucaristia ou qualquer outra cerimônia de culto público. Bréscia – Itália...

Universitários americanos organizam consagração a Nossa Senhora em todo o país

Basta uma faísca para iniciar um incêndio: universitários da Flórida querem espalhar pelo país a chama da devoção a Maria para conduzir almas a...

“Morte ao Nazareno”: Novo grito de “Crucifica-o!”?

Declarar “morte ao Nazareno” é uma frase que demonstra um ódio total à Santa Igreja Católica e seus ensinamentos ao longo dos séculos. Redação (26/10/2020...

Papa no Angelus: o verdadeiro amor ao próximo baseia-se no amor a Deus

Não é verdadeiro amor a Deus o que não se expressa no amor ao próximo; não é amor verdadeiro ao próximo o que não...

More Articles Like This