Não é nas riquezas, não é nos prazeres, nem tampouco nas “aparentes alegrias” que este mundo pode nos oferecer, que se encontra a verdadeira fonte de nossa realização. “Ai de nós”, na verdade, se achamos ser possível comprar das criaturas o que só Deus, de graça, pode nos dar. Assista a esta meditação do Padre Paulo Ricardo sobre o Evangelho das bem-aventuranças e aprenda com Nosso Senhor onde está e onde não está a nossa felicidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here