17.5 C
São Paulo
domingo, outubro 24, 2021

Ordenações Diaconais em Mianmar

Em Mianmar, após o golpe militar de 1º de fevereiro, e em meio à turbulência política, a Igreja Católica já ordenou 11 diáconos.

Redação (07/10/2021 18:39, Gaudium Press) Segundo, o cardeal Charles Bo, de Yangon, a Igreja Católica, neste país de maioria budista, é “jovem, vibrante e está crescendo”, especialmente a vocação sacerdotal e religiosa, apesar dos muitos desafios desde o golpe.

No dia 5 de outubro passado, o Bispo Raymond Sumlut Gam de Banmaw presidiu a ordenação de quatro diáconos na Catedral de São Patrício na cidade de Banmaw. Devido às restrições da Covid-19 e à instável situação política, apenas parentes e alguns sacerdotes foram autorizados a participar do evento.

Anteriormente, cinco diáconos haviam sido ordenados pelo bispo auxiliar Noel Saw Naw Aye de Yangon, na Catedral de Santa Maria, em Yangon, em 25 de setembro, enquanto o bispo Raymond Saw Poe Ray de Mawlamyine realizou uma ordenação diaconal de dois jovens em 23 de maio.

A comunidade cristã em Mianmar tem mais de 1.000 sacerdotes, cerca de 2.000 religiosas e centenas de catequistas que ajudam nas 16 dioceses do país.

Continua a luta entre os militares e as forças combinadas do Exército da Independência de Kachin (KIA) e grupos de resistência mais recentes. Desse modo, os católicos sofrem terrivelmente e muitas igrejas foram destruídas.

A região da Diocese de Banmaw foi dilacerada pelo conflito que obrigou mais de 100.000 pessoas fugirem de suas casas. A Igreja Católica tem organizado assistência humanitária, bem como atividades de educação e empregos para pessoas em acampamentos improvisados.

As atividades da Igreja, incluindo missas e outros serviços litúrgicos, permanecem suspensas devido à preocupante situação de pandemia no conturbado país do sudeste asiático.

Com informações ucanews

The post Ordenações Diaconais em Mianmar appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias