Padre condenado por pedofilia é expulso e excomungado da igreja católica

Must Read

Missal Romano é traduzido para a linguagem dos sinais

A obra, que contou com a consultoria de pessoas com deficiência auditiva, irá auxiliar os surdos e mudos do...

Bangladesh: a devoção a Nossa Senhora é transmitida de geração a geração

Bangladesh: milhares de homens, mulheres e crianças participam de grupos que rezam o Santo Rosário em família para homenagear...

O Martírio de Santa Cecília

Por causa da perseguição aos cristão o Papa refugiava-se nas catacumbas. Uma jovem nobre o procurou e pediu o...



O tribunal eclesiástico da cúria metropolitana de natal excomungou o padre José Irineu da Silva, 42 anos, seis anos após ter abusado de um menino de dez anos, na sacristia da capela de são José operário, no distrito de arapuá, em Ipanguaçu. a decisão do arcebispo de natal, dom Jaime vieira rocha, é a primeira envolvendo um padre denunciado por esse tipo de crime.

o crime ocorreu no dia 28 de abril de 2011 e, segundo consta nos autos do processo criminal em tramitação no tjrn sob nº 00002241920118200163, o padre teria aproveitado de um momento a sós com o menino para
apalpar-lhe nas partes íntimas. “o sr. José Irineu da silva, ora denunciado, ao ouvir em confissão o vulnerável (identificação mantida em sigilo), com dez anos de idade, orientou que este se ajoelhasse de costas, logo após colocou-o no colo, e posteriormente lhe colocou em pé, baixando-lhe a roupa, tocou suas partes íntimas — a genitália e os testículos; passou a mão em suas nádegas, deu um beijo (…).”

em agosto do ano passado, Irineu da silva foi condenado em decisão do juiz Marivaldo Dantas de Araújo, da comarca de Ipanguaçu, a oito anos de prisão em regime fechado, resultado da denúncia oferecida pelo ministério público estadual. ele recorreu e aguarda em liberdade uma decisão da segunda instância do tribunal de justiça do rio grande do norte. o processo criminal, no entanto, está concluso ao relator desde o último dia 12 de junho.

a expulsão de José Irineu da silva foi discretamente publicada no “site” da arquidiocese de natal, no dia 30 de junho deste ano, mas sem qualquer referência aos motivos. diz a publicação: “o arcebispo metropolitano de natal, Dom Jaime vieira rocha, por meio da cúria metropolitana, decretou a demissão do estado clerical do padre José Irineu da silva”, diz a postagem, sem qualquer referência à motivação. a decisão da igreja demorou seis anos, e ocorre um ano após a condenação em primeiro grau no tj-rn. as informações são da tribuna do norte.

Fonte: https://frontcatolico.blogspot.com.br/

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

8 − seis =

Latest News

Missal Romano é traduzido para a linguagem dos sinais

A obra, que contou com a consultoria de pessoas com deficiência auditiva, irá auxiliar os surdos e mudos do...

Bangladesh: a devoção a Nossa Senhora é transmitida de geração a geração

Bangladesh: milhares de homens, mulheres e crianças participam de grupos que rezam o Santo Rosário em família para homenagear Nossa Senhora. Bangladesh (22/10/2020, 16:45, Gaudium...

O Martírio de Santa Cecília

Por causa da perseguição aos cristão o Papa refugiava-se nas catacumbas. Uma jovem nobre o procurou e pediu o batismo. A jovem era Santa...

Quem foi São João Paulo II?

No dia de hoje, 22 de outubro, a Igreja celebra a memória litúrgica de São João Paulo II. Conheça a história do Santo Pontífice...

Amar a Deus é uma forma de oração?

Embora o amor a Deus, apropriadamente chamado de Caridade, seja o maior de todos os dons (1Cor 12,31) e a maior das virtudes teologais,...

More Articles Like This