Papa envia mensagem em vídeo para fiéis da Romênia

Must Read

Ataques contra igrejas no Chile fizeram parte de ritual satânico, assegura exorcista

Segundo o Padre Luis Escobar, são abundantes os sinais satânicos presentes nesses atos, o que destaca a existência de...

Medjugorge: Santa Sé excomunga padre “diretor espiritual” dos videntes

Tomslav Vlasic está proibido de “participar –de qualquer forma– como ministro na celebração da Eucaristia ou qualquer outra cerimônia...

Universitários americanos organizam consagração a Nossa Senhora em todo o país

Basta uma faísca para iniciar um incêndio: universitários da Flórida querem espalhar pelo país a chama da devoção a...



[bmto id=”1″]https://www.youtube.com/watch?v=HKbdHvFQSe4[/bmto]

O Pontífice embarca na sexta-feira (31) para Romênia em mais uma viagem apostólica internacional. Depois de 20 anos da visita de João Paulo II ao país, Papa Francisco volta para uma intensa agenda, tendo como ápice, a beatificação dos mártires do comunismo. Uma mensagem em vídeo mostra a expectativa do Pontífice.

Em mensagem em vídeo divulgada na noite desta terça-feira (28), em língua italiana, o Papa começa saudando cordialmente o povo da Romênia, um “país belo e acolhedor”, e afirma que fará a visita “como peregrino e irmão”.
O Papa então citou os irmãos Pedro e André, os Apóstolos de Cristo, para falar dos laços de fé que unem os cristãos.
“Aguardo com grande expectativa a alegria de encontrar o Patriarca e o Sínodo Permanente da Igreja Ortodoxa Romena, como também os pastores e os fiéis católicos. Os laços de fé que nos unem remontam aos Apóstolos, em especial, o vínculo que uniu Pedro e André, que, segundo a tradição, levou à fé às terras de vocês. Irmãos de sangue, eles também derramaram o sangue pelo senhor. E, entre vocês, foram tantos os mártires, mesmo nos últimos tempos, como os sete bispos greco-católicos que terei a alegria de proclamar Beatos. Aquilo pelo que sofreram, a ponto de oferecer a vida, é uma herança muito preciosa para ser esquecida. E é uma herança comum, que nos chama a não nos distanciarmos do irmão que a compartilha.”
O Papa Francisco finalizou a mensagem, assegurando proximidade na oração e enviando a sua bênção, além de enaltecer o percurso que será feito durante a viagem – uma caminhada conjunta:
“Vou até vocês para caminharmos juntos. Caminhamos juntos quando aprendemos a preservar as raízes e a família, quando cuidamos do futuro dos filhos e do irmão que está ao lado, quando vamos além dos medos e das suspeitas, quando derrubamos as barreiras que nos separam dos outros.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × quatro =

Latest News

Ataques contra igrejas no Chile fizeram parte de ritual satânico, assegura exorcista

Segundo o Padre Luis Escobar, são abundantes os sinais satânicos presentes nesses atos, o que destaca a existência de...

Medjugorge: Santa Sé excomunga padre “diretor espiritual” dos videntes

Tomslav Vlasic está proibido de “participar –de qualquer forma– como ministro na celebração da Eucaristia ou qualquer outra cerimônia de culto público. Bréscia – Itália...

Universitários americanos organizam consagração a Nossa Senhora em todo o país

Basta uma faísca para iniciar um incêndio: universitários da Flórida querem espalhar pelo país a chama da devoção a Maria para conduzir almas a...

“Morte ao Nazareno”: Novo grito de “Crucifica-o!”?

Declarar “morte ao Nazareno” é uma frase que demonstra um ódio total à Santa Igreja Católica e seus ensinamentos ao longo dos séculos. Redação (26/10/2020...

Papa no Angelus: o verdadeiro amor ao próximo baseia-se no amor a Deus

Não é verdadeiro amor a Deus o que não se expressa no amor ao próximo; não é amor verdadeiro ao próximo o que não...

More Articles Like This